Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

UFC: sete zebras que podem inspirar Belfort contra Jones

O brasileiro enfrentará um dos campeões mais promissores do UFC no sábado. Ele não é favorito - mas pode seguir lição de outros azarões que surpreenderam

Por Da Redação 18 set 2012, 11h29
Vitor Belfort enfrentará Jon Jones, campeão meio-pesado, na noite deste sábado
Vitor Belfort enfrentará Jon Jones, campeão meio-pesado, na noite deste sábado VEJA

O brasileiro Vitor Belfort aceitou um desafio recusado por vários lutadores, como Lyoto Machida e Maurício Shogun, e enfrentará Jon Jones, campeão meio-pesado, no sábado, em Toronto, no UFC 152. O carioca de 35 anos conquistou o título dessa mesma categoria no UFC 46, em 2003, ao derrotar o americano Randy Couture, mas na luta seguinte foi derrotado pelo ex-campeão. Desta vez, o trabalho de Belfort será ainda mais difícil: Jon Jones é considerado por alguns um lutador quase imbatível entre os meio-pesados. Uma possível vitória do brasileiro seria considerada por muitos uma autêntica zebra. Resultados improváveis acontecem em qualquer esporte – e no MMA não é diferente. Em 1997, por exemplo, o lendário Mark Coleman tinha seis vitórias quando perdeu para o pouco conhecido Maurice Smith. Mais recentemente, em 2010, Fabrício Werdum encaixou um triangulo e venceu o fortíssimo russo Fedor Emelianenko no Strikeforce. Fedor estava invicto havia mais de dez anos. A seguir, algumas das maiores surpresas da história do MMA, bons exemplos para Belfort seguir no desafio do fim de semana:

http://www.youtube.com/embed/lVOJ7B-E678?rel=0
Fabricio Werdum x Fedor Emelianenko

http://www.youtube.com/embed/jNV-IYWLX9w?rel=0
Rameau Thierry Sokoudjou x Rogerio Minotouro

http://www.youtube.com/embed/199Ts4MZEiM?rel=0
Gabriel Napão x Mirko Cro Cop

Mark Coleman, ex-lutador do UFC
Mark Coleman, ex-lutador do UFC VEJA

http://www.youtube.com/embed/0iGj9uXDJrA?rel=0
Matt Serra x Georges St. Pierre

http://www.youtube.com/embed/WF8Wgtydxx8?rel=0
Forrest Griffin x Mauricio Shogun

B.J. Penn (à esq.) e Frankie Edgar
B.J. Penn (à esq.) e Frankie Edgar VEJA
Continua após a publicidade

Publicidade