Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UFC Rio 3: Dana promete confronto Anderson x Jon Jones

Presidente do UFC diz que está disposto a gastar muito para convencer Spider

“Ainda tenho duas lutas em contrato com o UFC e pretendo enfrentar o GSP em uma delas”, disse o campeão

Recorde de vitórias consecutivas e defesa de cinturão, vitória na categoria acima da que costuma lutar, nocaute no maior rival… Parece que o campeão Anderson Silva não tem mais desafios a cumprir em sua carreira. Mas o presidente do UFC nem pensa em facilitar a vida do Spider. Na coletiva após a vitória do brasileiro na HSBC Arena, na madrugada deste domingo, Dana White prometeu fazer o possível – e pagar o que for preciso – para realizar a luta entre os campeões das categorias médio e meio-pesado: Anderson Silva x Jon Jones.

Para Dana White, Anderson está em um momento da carreira em que apenas super lutas interessam. “Sei que ele sempre responde ‘não’ quando perguntam sobre um possível desafio contra Jones, mas a quantidade de dinheiro que ele pode ganhar o fará dizer sim, sim, sim. Voltarei ao Brasil, me trancarei com seu empresário e vou fazer essa luta acontecer”, prometeu o presidente, enquanto o brasileiro continua se esquivando deste confronto, mas confirma outro, contra Georges Saint-Pierre. “Ainda tenho duas lutas em contrato com o UFC e pretendo enfrentar o GSP em uma delas.” Dana ainda lamentou o fato de Spider não ter mais 27 anos (tem 37), para seguir enchendo os cofres e a popularidade do UFC. “Queria que ele lutasse por mais dez anos. Ele faz coisas que parecem impossíveis com seus adversários.”

Anderson Silva e Dana White têm uma boa relação, mas nem sempre foi assim. O presidente do UFC já se desentendeu com o campeão dos médios e até o ameaçou de demissão se perdesse o primeiro duelo contra Chael Sonnen em 2010. Mas as apresentações e, principalmente, o retorno financeiro do brasileiro mudaram a opinião dele, que cumprimentou Anderson na coletiva e falou algumas palavras em seu ouvido. “Já fiquei frustrado com Anderson Silva algumas vezes, mas isso não acontece há muito tempo. Somos parceiros, as brigas fazem parte do negócio. É uma honra e um prazer lidar com ele, que, assim como um artista, tem suas vontades.” Leia também:

Imbatível, Anderson brinca, provoca e nocauteia

Em casa, Minotauro usa o jiu-jitsu para vencer

Glover Teixeira atropela Fábio Maldonado

Americanos castigam dois brasileiros e vencem

Demian domina a luta e finaliza logo no início

https:pOs%20melhores%20momentos%20da%20noitada%20de%20lutas%20na%20HSBC%20Arena,%20na%20Barra%20da%20Tijuca/phttp://storify.com/vejanoticias/ufc-rio-3-anderson-x-bonnar/embed?border=false