Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

UFC: Rafael dos Anjos vence Pettis e conquista o cinturão dos leves

<p>Brasileiro se tornou o primeiro lutador não americano a dominar a categoria</p>

Por Da Redação Atualizado em 11 jan 2022, 18h53 - Publicado em 15 mar 2015, 13h18

Com uma atuação brilhante, o brasileiro Rafael dos Anjos surpreendeu o americano Anthony Pettis e conquistou na madrugada deste domingo o cinturão da categoria dos leves do UFC. O lutador de Niterói dominou o ex-campeão do primeiro ao quinto round e venceu por decisão unânime (triplo 50-45) na luta principal do UFC 185, em Dallas, nos Estados Unidos. Foi a primeira vez que um lutador não americano conquistou o cinturão da categoria até 70 quilos.

Leia também:

Anderson reaparece: ‘Acho que no ano que vem volto a lutar’

Anderson Silva desabafa: ‘Não sei do que me desculpar’

Continua após a publicidade

Anderson Silva é ultrapassado por brasileiros e despenca no ranking do UFC

Rafael dos Anjos esteve em uma noite inspiradíssima para chegar à 24ª vitória em 31 lutas na carreira. Logo no primeiro round, mostrou um grande repertório de socos e chutes e assustou o campeão Pettis. No segundo round, diminuiu o ritmo, levando a luta para o chão, mas seguiu sendo superior. Nos assaltos seguintes, o brasileiro de 30 anos seguiu somando pontos no chão, usando suas técnicas de wrestling e jiu-jitsu. Cansado, Pettis não conseguiu reagir no último assalto. Rafael ainda tentou finalizar a luta com um mata-leão, mas o americano resistiu.

Na coletiva após a luta, Rafael dos Anjos revelou que havia lesionado o joelho três semanas antes da luta, mas que a dor não diminuiu seu ímpeto. “Minha estratégia era caçá-lo no octógono e deixá-lo com medo dos meus socos e chutes. Deu certo.” O presidente do UFC, Dana White, se mostrou surpreso com a força do brasileiro, que venceu oito de suas últimas nove lutas. “Acho que ninguém aqui imaginava que alguém pudesse dominar Anthony Pettis. Rafael surpreendeu a todos quando nocauteou Ben Henderson e depois atropelou Nate Diaz. E hoje dominou Anthony Pettis de todos os jeitos possíveis. Para mim, o que ele fez hoje foi inacreditável.”

Agora o Brasil passa a ter três cinturões do UFC: José Aldo (peso-pena), Fabrício Werdum (campeão peso-pesado interino) e Rafael dos Anjos (peso-leve). No dia 23 de maio, Vítor Belfort lutará pelo cinturão dos médios contra o atual campeão, o americano Chris Weidman, em Las Vegas.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade