Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UFC: queda de Anderson decepcionou até no pay-per-view

Com grande favoritismo do brasileiro, número de pacotes vendidos ficou bem abaixo do esperado - o que reduziu os lucros do ex-campeão com o combate

A derrota de Anderson Silva para Chris Weidman no UFC 162 não decepcionou apenas os fãs do lutador brasileiro. As empresas envolvidas na venda dos pacotes de pay-per-view do evento também acabaram lamentando o desfecho da noite. Por causa do grande favoritismo do Spider, a compra do evento na TV paga ficou muito abaixo do esperado. De acordo com informações divulgadas pelo site americano MMA Fighting, foram cerca de 550.000 pacotes de pay-per-view vendidos – Dana White e o UFC previam vender cerca de 800.000. É uma má notícia para Anderson – que lucra mais com as lutas em que o pay-per-view é mais concorrido. A boa notícia para o astro, pelo menos do ponto de vista financeiro, é que as revanches costumam ter uma procura muito maior. No UFC, já se fala num evento com 1 milhão de pacotes vendidos no fim do ano.

Leia também:

UFC 162: não, a derrota não foi armação. Saiba os motivos

O que estará em jogo na revanche Spider x Weidman

Derrota deixa Anderson e Dana White desnorteados

Cansado de ganhar, Anderson sentiu alívio ao perder

Revanche – O ex-campeão dos médios do UFC já começou a se preparar para tentar recuperar o cinturão. Anderson Silva voltou a treinar na Muay Thai College, sua academia em Torrance, nos arredores de Los Angeles. Depois de perder para Chris Weidman e quase anunciar a aposentadoria, o Spider e Dana White, presidente do UFC, confirmaram que a revanche será em 28 de dezembro, em Las Vegas. Impossibilitado de lutar por 45 dias por ordens do UFC (que determinou uma suspensão médica em função do nocaute sofrido para o americano), Anderson Silva começou sua preparação com alguns treinos de jiu-jitsu, movimentações de boxe e preparação física. Quem o acompanha de perto garante que não via o lutador de 38 anos tão empolgado para um confronto havia muito tempo.

  • Dana White, o chefão do UFC
  • As ring girls no UFC São Paulo
  • UFC: a ring girl Arianny Celeste na praia, no Rio
  • UFC SP: o que você não viu na TV
  • UFC: Anderson Silva em fotos exclusivas para VEJA
  • UFC Rio 3: o que você não viu na TV
  • UFC Rio 3: por dentro do evento
  • Ronda Rousey, a nova musa do UFC
  • UFC: Anderson Silva x Chael Sonnen
  • No octógono com Júnior Cigano, campeão do UFC