Clique e assine com até 92% de desconto

UFC: José Aldo leva suspensão médica de 45 dias após nocaute

Brasileiro foi derrotado pelo novo campeão Max Holloway no UFC 212, no Rio de Janeiro

Por Da redação 6 jun 2017, 10h12

José Aldo terá de ficar 30 dias sem contato físico e ao menos 45 dias sem lutar depois da derrota por nocaute para Max Holloway, na disputa pelo cinturão peso-pena na madrugada do último domingo, no UFC 212, Rio de Janeiro. A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) disponibilizou nesta segunda-feira a lista de suspensões médicas do evento no Brasil e considerou que os golpes sofridos por Aldo exigem mais de um mês de repouso.

É praxe no UFC que, após cada evento, os lutadores recebam uma suspensão médica relativa aos danos sofridos em suas lutas. O descanso a Aldo é o mesmo imposto pelo Departamento de Licenças e Regulamentação do Texas, responsável pelo UFC 211, ao brasileiro Júnior Cigano, nocauteado por Stipe Miocic no mês passado.

  • O novo campeão dos penas Max Holloway pegou a suspensão mínima, de 14 dias sem lutar e uma semana sem contato físico. As maiores suspensões médicas do UFC no Rio foram para o brasileiro Johnny Eduardo e para o britânico Jim Wallhead: 180 dias. O tempo pode ser reduzido, caso sejam liberados por ortopedistas e oftalmologistas, respectivamente.

    Publicidade