Clique e assine com até 92% de desconto

UFC: Irlandês rouba cinturão de Aldo em Dublin e quase sai briga

Aclamado pela torcida da casa, Conor McGregor voltou a irritar o brasileiro, campeão do UFC. Luta entre eles acontece em 11 de julho, em Las Vegas

Por Da Redação 31 mar 2015, 17h24

A rivalidade entre o brasileiro José Aldo, campeão da categoria peso-pena (até 66 quilos) do UFC, e seu próximo desafiante, o irlandês Conor McGregor, quase termnou em briga nesta terça-feira. Na última parada da turnê promocional da luta principal do UFC 189 – marcada para 11 de julho, em Las Vegas (EUA) -, os dois voltaram a trocar ofensas e empurrões, em Dublin, a cidade natal de McGregor. Apoiado por uma multidão de fãs enlouquecidos, o irlandês chegou a “roubar” o cinturão de Aldo e iniciar uma acalorada discussão.

Leia também:

UFC: Thiago Silva pede que José Aldo derrube McGregor

UFC: Aldo diz que irlandês falastrão se dopa e ouve resposta irônica

UFC confirma duelo entre José Aldo e irlandês falastrão

Continua após a publicidade

De acordo com o site americano MMA Fighting, a briga teve início quando Aldo afirmou ser o rei do UFC. McGregor, então, se levantou e surpreendeu Aldo ao pegar seu cinturão. Revoltado, o campeão tentou agredir o irlandês e teve de ser separado pelo chefão do UFC, Dana White, que vestia uma camisa da seleção de futebol da Irlanda. Aldo e MeGregor trocaram uma série de insultos, o que se repetiu no momento da tradicional encarada.

Clique e veja o momento em que McGregor rouba o cinturão de Aldo

A luta entre Aldo e McGregor vem sendo vendida pelo UFC como uma das mais quentes da história. A turnê promocional do duelo já passou por Rio de Janeiro, Los Angeles, Las Vegas, Nova Iorque, Boston, Toronto, Londres e Dublin – sempre com muita controvérsia e ameaças de morte. Em vídeos divulgados pelo UFC, Aldo admitiu que está sendo difícil se controlar para não agredir o provocador McGregor nos compromissos publicitários.

Na semana passada, até o zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, telefonou a José Aldo e pediu ao amigo para derrubar McGregor, O campeão do UFC respondeu dizendo que vai “arrancar a cabeça” do rival.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade