Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UFC: em imagens, os castigos que Cigano já sofreu

Peso-pesado venceu última luta, no domingo, mas deixou o octógono com o rosto muito machucado

Logo depois da luta da madrugada de domingo, o chefão do UFC, Dana White, foi taxativo: “Após esta luta, não preciso ser médico para dizer que o Junior Cigano não lutará tão cedo.” Afinal, foram cinco rounds de muitos golpes entre o brasileiro e o americano de origem croata Stipe Miocic na categoria dos pesados. O estrago pôde ser visto nos dois lutadores, com os rostos muito marcados. Não foi a primeira vez que Cigano sofreu um castigo na face. Na revanche cedida ao americano Cain Velasquez, o brasileiro sofreu muito, em dezembro de 2012, da mesma forma como no terceiro encontro dos dois, em outubro de 2013 – duas vitórias de Velásquez. Ainda assim, White reconheceu a força do brasileiro em sua vitória por pontos no último sábado: “Ele foi muito castigado, mas mais uma vez mostrou que tem o coração gigantesco.”

Leia também:

UFC: Cigano sofre, mas vence Miocic por pontos nos EUA

UFC: retratos dos guerreiros do octógono