Clique e assine a partir de 9,90/mês

UFC: duelo Glover x Jones já tem data e local confirmados

A luta, que vale cinturão, será em 1º de fevereiro, em Nova Jersey, no UFC 169

Por Da Redação - 4 out 2013, 11h49

O Brasil pode ganhar mais um campeão do UFC no dia 1º de fevereiro de 2014. Essa é a data confirmada do duelo entre Glover Teixeira e o americano Jon Jones, que tentará manter o cinturão dos meio-pesados diante do forte atleta mineiro. O encontro entre os dois já tinha sido previsto pelo presidente do UFC, Dana White, pouco depois da vitória duríssima do americano sobre o sueco Alexander Gustafsson. Agora, porém, a luta já está oficializada, com local já definido: será no UFC 169, no ginásio Prudential Center, em Newark, Nova Jersey, na véspera do Super Bowl. A final do campeonato de futebol americano, aliás, acontecerá a apenas 16 quilômetros dali, no MetLife Stadium. O UFC diz abertamente que não teme competir com o megaevento e que acredita que só vai lucrar ainda mais ao realizar o combate numa “dobradinha” com a principal data do calendário esportivo dos EUA.

Leia também:

Dana White confirma o duelo entre Glover e Jon Jones

Para Dana White, Jon Jones vai superar Anderson Silva

Continua após a publicidade

Quais são os brasileiros que estão na rota do cinturão

O UFC já costumava realizar grandes eventos no sábado que antecede o domingo de Super Bowl, mas eles vinham sendo marcados para Las Vegas. Jon Jones, principal atleta da companhia na atualidade, deverá atrair grande público à arena em Nova Jersey – o campeão nasceu no estado vizinho, Nova York. Mesmo com grande antecedência, o card do UFC 169 já começa a tomar forma. Além da disputa de cinturão entre Glover e Jones, também está confirmado o desafio entre os pesos-pesados Frank Mir e Alistair Overeem, que lutariam na edição 167, em novembro. O UFC decidiu dar mais tempo para Mir se recuperar do nocaute sofrido para Josh Barnett no fim de agosto. Existe também a possibilidade de Renan Barão, campeão interino dos galos, entrar no octógono em Newark. Isso depende, porém, da recuperação da lesão do campeão linear da categoria, Dominick Cruz, que segue trabalhando para voltar a lutar.

Publicidade