Clique e assine a partir de 9,90/mês

UFC: Dana White confirma luta de despedida de Anderson Silva

O presidente da organização de MMA revelou que o brasileiro de 45 anos lutará contra o jamaicano Uriah Hall no dia 31 de outubro

Por Danilo Monteiro - 24 ago 2020, 16h38

O presidente do UFC, Dana White, revelou nesta segunda-feira 24 que Anderson Silva fará a última luta de sua carreira na principal organização do MMA no dia 31 de outubro deste ano, contra o jamaicano Uriah Hall. Aos 45 anos, o lutador brasileiro ainda tem duas lutas no contrato, mas Dana confirmou um acordo para que a próxima luta seja a despedida do ex-campeão do octógono.

“O Anderson Silva ainda tem duas lutas no contrato, mas chegamos a um acordo de que a luta contra Uriah Hall será a última. É uma luta importante para os dois. Uriah quer buscar o cinturão, e para Anderson, se aposentar com uma vitória seria incrível. O seu legado é gigantesco”, disse White, em entrevista ao canal Combate.

Uma eventual vitória contra Uriah Hall, apesar de criar expectativas, não significará que Anderson Silva fará uma superluta antes de se aposentar. “Anderson é um dos maiores de todos os tempos e foi o maior campeão dos pesos-médios, mas tempo dele fazer superlutas já passou”, garantiu.

Anderson Silva tem um cartel de 34 vitórias (20 por nocaute) e apenas 10 derrotas no UFC, a maioria delas no final de carreira. O brasileiro foi campeão dos pesos médios e defendeu o cinturão por 10 lutas consecutivas, além de somar impressionantes 17 triunfos seguidos.

Continua após a publicidade
Publicidade