Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

UFC: Conor McGregor paga fiança e é liberado pela polícia

<p>Após se entregar à polícia, McGregor pagou fiança de R$ 166.000 e pode voltar para casa</p>

Por Da redação Atualizado em 11 jan 2022, 17h28 - Publicado em 6 abr 2018, 18h31

O lutador do UFC, Conor McGregor foi liberado pela polícia americana após pagamento de fiança no valor de 50.000 dólares (cerca de 166.000). O irlandês se apresentou à polícia na madrugada desta sexta-feira e depois foi levado para uma Corte Criminal do Brooklyn, em Nova York.

McGregor ficou em silêncio enquanto um juiz ouvia as acusações contra ele. O lutador pagou a fiança e saiu do local sem dar entrevistas com seu passaporte e autorizado a voltar para casa, na Irlanda. O juiz ordenou que McGregor fique longe das vítimas do ataque e que retorne ao tribunal no dia 14 de junho.

Continua após a publicidade

Entenda o caso

McGregor, com ajuda de outros membros de sua equipe, invadiu um evento do UFC 223 no Barclays Center, para agredir seu desafeto, o russo Khabib Nurmagomedov, que teve um desentendimento na última quarta-feira com o lutador Artem Lobov, companheiro de treino de McGregor – motivo principal para o ataque.

Câmeras de segurança e de testemunhas flagraram McGregor atirando latas de lixo e até barras de ferro contra um ônibus que transportava atletas do UFC, incluindo o Khabib. Os lutadores Michael Chiesa e Ray Borg sofreram ferimentos ao serem atingidos por estilhaços da janela do veículo e estão fora do UFC 223, assim como o americano Max Holloway, que faria a luta principal do evento contra Khabib. Imagens do ataque foram capturadas pelo site TMZ:

Continua após a publicidade

Dana White ‘enojado’

O presidente do UFC, Dana White não economizou nas críticas ao lutador, de quem era muito próximo. Horas depois do incidente, revelou que McGregor seria detido. “Foi a coisa mais nojenta que vi em toda a história do UFC. ” Disse também não entender o ataque: “Não sei se ele está drogado. Mas como pôde fazer algo assim? Ele  acabou de ser pai. E é assim que age?” A relação entre o presidente e a maior estrela do UFC já havia estremecido nos últimos anos, com o afastamento do irlandês dos octógonos – em sua aventura no boxe, foi derrotado por Floyd Mawyeather.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade