Clique e assine a partir de 9,90/mês

UFC: campeão Júnior Cigano é o novo contratado da Nike

Por Da Redação - 12 nov 2012, 20h56

Com o novo contrato, Cigano se iguala a outros dois campeões: Anderson Silva e Jon Jones também têm acordos com a maior empresa de produtos esportivos do planeta

Como antecipado pelo site de VEJA quando Júnior Cigano não renovou seu contrato com a Pretorian, o campeão dos pesados do UFC subirá ao octógono para defender seu título em 29 de dezembro, em Las Vegas, vestindo Nike, sua nova patrocinadora. A empresa confirmou nesta segunda-feira que o brasileiro é seu mais novo contratado. O acordo entre Cigano e a empresa de material esportivo foi iniciado quando ele assinou contrato com o Corinthians, que também é patrocinado pela Nike, para fazer no clube paulista parte de sua preparação para a luta contra Cain Velasquez.

Leia também:

Júnior Cigano não renova o seu contrato com a Pretorian

Eu apanhei de Júnior Cigano. Mas quero minha revanche’

Cigano já bateu Velasquez, mas ainda estuda o seu rival

Veja Cigano em Vegas – e aproveite o Réveillon na cidade

Continua após a publicidade

Júnior Cigano inicia treinos em São Paulo para UFC 155

“O Júnior Cigano é um atleta de alto nível e contar com ele no time Nike é uma honra. Um atleta de ponta nunca está satisfeito. Ele sempre quer mais: mais vitórias, mais títulos, produtos melhores. Essa é a energia que move a marca”, disse Luís Alexandre, diretor de marketing esportivo da Nike no Brasil, em comunicado à imprensa. Com o novo contrato, Júnior Cigano se iguala a outros dois campeões: Anderson Silva, o primeiro lutador de MMA da marca, e Jon Jones, maior nome do esporte nos EUA, também têm acordos com a maior empresa de produtos esportivos do planeta. A Nike não divulgou se o contrato com o brasileiro será restrito ao mercado nacional ou se envolve também ações promocionais fora do Brasil.

Leia também:

Primeiro UFC de 2013 tenta achar um rival para Anderson

Após a China, UFC prepara ida à Indonésia e volta ao Japão

UFC tenta conquistar a próxima fronteira, o mercado chinês

Qual cidade do Brasil receberá a próxima edição do UFC? UFC abre portas para mulheres e Ronda deve ser a primeira

Continua após a publicidade
Publicidade