Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UFC: Belfort pede desculpas aos brasileiros por derrota

Lutador de 38 anos agradeceu o apoio de fãs e familiares depois de ser nocauteado por Chris Weidman na disputa de cinturão dos pesos-médios

O brasileiro Vitor Belfort usou as redes sociais para lamentar a derrota deste sábado para Chris Weidman, na luta que manteve o americano como campeão dos pesos médios do UFC, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Na noite desta segunda-feira, Belfort contou que foi recebido com muito carinho por seus três filhos e pediu desculpas aos brasileiros por não ter conquistado o cinturão.

Leia também:

UFC 187: Weidman vence Belfort por nocaute no primeiro assalto

Weidman esnoba: “Anderson e Belfort jamais me venceriam”

O brasileiro citou o início da luta, quando esteve perto de nocautear o campeão, mas lamentou a reação de Weidman e o fim do combate ainda no primeiro round. “Eu sou sempre feliz, mas confesso a vocês que ainda estou triste com a minha performance no UFC 187. Estava indo muito bem. Gostaria de agradecer por todo o carinho da minha família, amigos, meu time, meus patrocinadores e meus fãs. Eu amo vocês, mas agora preciso relaxar e ficar com minha esposa Joana Prado e filhos. Voltarei com muita força! Peço perdão por não trazer a vitória para meu povo brasileiro e a todos estrangeiros que fazem parte do meu time e torcem por mim”, escreveu, em um trecho de sua postagem no Instagram.

Um pouco mais cedo, Belfort havia exibido uma foto da recepção de seus três filhos, com bexigas e sorrisos no rosto, no retorno ao lar. “Meus filhos me receberam assim. Eu amo minha família, como é bom ter uma família de verdade. Davi, Vitoria e Kyara, papai ama vocês. Da próxima vez eu vou trazer a vitória de presente”, prometeu o lutador de 38 anos, que não conquista um cinturão do UFC desde 2004.

Filhos de Vitor Belfort o receberam com festa, apesar da derrota para Chris Weidman Filhos de Vitor Belfort o receberam com festa, apesar da derrota para Chris Weidman

Filhos de Vitor Belfort o receberam com festa, apesar da derrota para Chris Weidman (/)

(Da redação)