Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

UFC: adversário de Vitor Belfort fica acima do peso da categoria

Anthony Johnson pesou cinco quilos a mais que o permitido. Mas resultado não inviabiliza combate

Por Davi Correia, do Rio de Janeiro 13 jan 2012, 21h13

O adversário de Vitor Belfort no segundo UFC Rio, Anthony Johnson, foi multado, nesta sexta-feira, após a pesagem que precede os combates. Johnson estava com 89 kg, cinco quilos acima do peso limite da categoria dos médios (84 kg), pela qual ocorre o desafio. Pelas regras do UFC, porém, o resultado da pesagem não inviabiliza o combate.

Como Belfort aceitou a luta em ‘peso acordado’, Johnson deve se pesar novamente às 12h deste sábado – e, se não ultrapassar o peso limite dos meio-pesados (93 kg), a categoria imediatamente superior à dos médios, está liberado para lutar. Caso Johnson estoure esse novo limite, Belfort será declarado vencedor.

Fazendo sua ‘estreia’ no Rio de Janeiro, Belfort, que lutará no dia do aniversário da sua mãe, também teve problema para ‘descer’ até os 84 quilos – ficou com 84,4 kg, no limite da margem de erro de 0,45 kg. Os combates do segundo UFC Rio ocorrem na noite deste sábado.

Durante a pesagem, na HSBC Arena, ficou claro que o segundo UFC Rio está longe de atingir o sucesso do primeiro evento. As arquibancadas não estavam lotadas, apesar das constantes distribuições de ingressos pelo Rio e das promoções.

Aldo – Um dos principais astros da noitada deste sábado, José Aldo – que na quinta-feira havia afirmado que ainda precisava perder cinco quilos – venceu a luta contra a balança: pesou 65,8 kg (100 gramas acima dos 65,7 kg da categoria peso-pena, mas ainda dentro da margem de erro). Depois, com o rosto bastante abatido, fixou o olhar esbugalhado nos olhos do adversário Chad Mendes, na tradicional encarada.

Continua após a publicidade
Publicidade