Clique e assine a partir de 9,90/mês

UFC: a briga entre Wanderlei e Sonnen será em São Paulo

Os inimigos do TUF vão se encarar no dia 31 de maio, no Ginásio do Ibirapuera

Por Da Redação - 24 mar 2014, 09h38

O mundo das artes marciais mistas está cada vez mais profissional, mas ainda há espaço para alguns duelos que são verdadeiras brigas entre lutadores que se odeiam. E uma delas já tem data e local para acontecer: em 31 de maio, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o brasileiro Wanderlei Silva e o americano Chael Sonnen ficarão frente a frente para seu acerto de contas. A data do combate já era conhecida, mas o UFC ainda não havia escolhido o palco do duelo. Na madrugada desta segunda-feira, depois do UFC Fight Night Shogun x Henderson, em Natal, Grace Tourinho, executiva do torneio, confirmou que o evento será realizado na capital paulista. Inicialmente, Wanderlei e Sonnen lutariam no UFC 173, antes da disputa de título entre Chris Weidman e Lyoto Machida, em Las Vegas. A franquia decidiu, porém, que a rivalidade entre os atletas é tão explosiva que o choque entre os dois merece ser a luta principal de um evento.

Leia também:

UFC Natal: Henderson vence e quebra nariz de Shogun

Cigano é escalado para o card de Machida x Weidman​

Anderson fecha com agência de Woody Allen e Pacino

​’Desisti do TRT, mas não da luta’, afirma Vitor Belfort

Assim, o UFC agendou mais uma noitada de lutas para uma semana depois do card de Vegas. O Ginásio do Ibirapuera receberá o UFC pela segunda vez – na primeira, em janeiro do ano passado, Vitor Belfort nocauteou Michael Bisping no combate principal. Wanderlei e Sonnen são os técnicos da terceira edição brasileira do reality show The Ultimate Fighter, que está sendo exibido pela TV Globo. Eles chegaram a trocar empurrões e alguns socos em meio às gravações, marcadas pela fortíssima animosidade entre os dois veteranos (Wanderlei tem 37 anos, e Sonnen, 36). O falastrão americano, que ficou famoso por causa da rivalidade com Anderson Silva, vem de derrota para Rashad Evans, em novembro de 2013. Wanderlei não entra no octógono há um ano – em março de 2013, ele nocauteou Brian Stann no Japão. O brasileiro, apelidado de “Cachorro Louco”, não consegue duas vitórias consecutivas desde 2006.

Continua após a publicidade
Publicidade