Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

UFC 168: o que pode mudar após o combate deste sábado

Vencedor do duelo entre Anderson Silva e Chris Weidman deve encarar VItor Belfort, mas existem outros cenários possíveis - incluindo até aposentadoria

Por Davi Correia, de Las Vegas 28 dez 2013, 15h30

Uma vitória de Anderson não garante que ele continuará lutando pelo cinturão e absorvendo a pressão de ser sempre o melhor de sua categoria – depois de sua derrota, o brasileiro se disse aliviado por se livrar disso

O brasileiro Anderson Silva tentará recuperar o cinturão dos médios na revanche contra Chris Weidman na noite deste sábado, em Las Vegas – aos 29 anos, o americano foi o único lutador a nocautear o Spider em seus quase quarenta desafios no MMA. Antes mesmo do confronto promovido como principal luta da história da categoria, o UFC já tem planejado o próximo passo de quem vencer. Dana White e seus sócios anunciaram que o dono do cinturão dos médios enfrentará o brasileiro Vitor Belfort, em um duelo ainda sem data e local definido. O problema é que ninguém sabe como será o desfecho dessa luta – e nem mesmo se o vencedor concordará em encarar Belfort. Uma vitória de Anderson Silva não garante que ele continuará lutando pelo cinturão e absorvendo a pressão de ser sempre o melhor de sua categoria – depois de sua derrota, o brasileiro se disse aliviado por se livrar disso. Por outro lado, uma derrota não significa que ele deixará de treinar e cumprir seu contrato de mais oito lutas. É improvável – e não faz o menor sentido – que o brasileiro aceite lutar contra atletas desconhecidos e recém-contratados, mas o UFC pode usá-lo para realizar grandes lutas, contra outros ex-campeões, por exemplo, ou até mesmo para lutadores que estão crescendo no torneio, mas ainda não ganharam a chance do título. Além do mais, o americano Chris Weidman já disse que não terá uma revanche imediata se perder neste sábado, mas ele pode mudar de opinião e começar a brigar pela chance de fazer uma terceira luta contra Anderson Silva. Em resumo: tudo pode acontecer depois da noitada de combates em Vegas. O UFC 168 será o último evento do torneio em 2013, e já tem uma bilheteria garantida de 5,3 milhões de dólares – esse é o valor referente apenas aos ingressos vendidos com grande antecedência. A luta será transmitida pela TV Globo, mas com pelo menos 30 minutos de atraso. O evento começa às 22 horas (de Brasília).

Leia também:

UFC 168: aos 38 anos, Anderson tem maior desafio da carreira​

‘Era eu quem tinha de mudar’, diz Anderson Silva em Vegas

O novo velho Anderson: o que esperar dele em seu retorno?

Em ‘pesagem brasileira’, torcida vaia o americano Weidman

Grand Garden Arena, a meca das lutas, é o palco da revanche

https://youtube.com/watch?v=bgpVR18vctY%3Frel%3D0

https://youtube.com/watch?v=qVSDFzKqBxc%3Frel%3D0

Bastidores da primeira luta

O vídeo mostra cenas dos dois lutadores no caminho até a MGM Grand Arena, com suas equipes e familiares. É possível ouvir os comentários dos treinadores durante a luta e a reação de outros atletas do UFC com a vitória de Weidman.

https://youtube.com/watch?v=AlhB7rZwf4A%3Frel%3D0

Continua após a publicidade

Vlog do Dana White

O UFC costuma divulgar vídeos sobre as últimas noites de lutas para divulgar os eventos seguintes. O episódio da vez é sobre a vitória do canadense Georges St-Pierre sobre o americano Johny Hendricks, no UFC 167.

https://youtube.com/watch?v=SnsA9-StMtI%3Frel%3D0

Prévia do UFC 168

Uma prévia com alguns trechos de treinos e comentários sobre as duas principais lutas do UFC 168: Weidman x Anderson e Ronda Rousey x Miesha Tate. As duas são revanches – e os vídeos focam nas rivalidades.

https://youtube.com/watch?v=zcK82BCpL6s%3Frel%3D0

Entrevista com Anderson Silva

O ex-campeão fala sobre sua derrota e o que espera da revanche contra Chris Weidman. Desde o nocaute, o primeiro sofrido por ele no UFC, o brasileiro passou a reconhecer abertamente os erros cometidos no duelo.

https://youtube.com/watch?v=wFVhm1PK6uA%3Frel%3D0

Entrevista com Chris Weidman

O americano explica que não tem dúvidas sobre seu futuro como campeão dos médios e garante que merece continuar com o título. O detentor do cinturão também fala sobre o que espera da segunda luta contra Anderson.

https://youtube.com/watch?v=Ia6gngcUnLI%3Frel%3D0

Continua após a publicidade

Publicidade