Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

UFC 148: em treino em Vegas, Anderson recebe Ronaldo

Cercado por um forte esquema de segurança, o campeão dos médios arriscou alguns golpes com amigo famoso. Também recebeu seu mentor Steven Seagal

Por Davi Correia, de Las Vegas 5 jul 2012, 20h45

“Socorro! Eu não sei fazer isso, não”, brincou Ronaldo ao trocar alguns golpes com o campeão

Como já virou tradição em cada semana de luta, os astros do UFC 148 fizeram um treino aberto para promover o evento, nesta quinta-feira, em Las Vegas. A sessão de treinamentos aconteceu no hotel Encore – e, como não poderia deixar de ser, Anderson Silva foi o grande protagonista. Ele praticou seus movimentos de luta durante cerca de 40 minutos, acompanhado da sua equipe, do filho Kalil, do sobrinho Henrique e de um amigo famoso – o ex-craque Ronaldo, que gosta de acompanhar os duelos de Anderson de perto, chegou ao local poucos minutos antes do lutador e arriscou alguns golpes com seu cliente na agência de marketing esportivo 9ine. Também participaram dos treinos os lutadores Chael Sonnen, Tito Ortiz e Cung Le, além do ator Steven Seagal, que costuma ensinar alguns golpes ao brasileiro campeão dos médios.

Entrevista: De pé, ninguém vence Anderson, afirma brasileiro Demian Maia

O primeiro a entrar no tatame foi o americano Sonnen, que enfrenta Anderson Silva na luta principal do sábado. Em meio a gritos de apoio a Anderson na torcida, Sonnen treinou a parte de chão e alguns movimentos em pé. Muito concentrado, seu treino foi o mais longo, e no final alguns torcedores pediram” “Chael Sonnen para presidente”. O falastrão não perdeu a chance: “Seria um excelente voto”. Depois do treino, enquanto o desafiante conversava com alguns jornalistas, a torcida continuava gritando o nome de Anderson. Logo em seguida, foi a vez de Tito Ortiz fazer seu último treino no UFC – ele se aposenta neste sábado. O lutador de 37 anos distribuiu brindes para os fãs e, no final, tentou garantir o apoio da torcida, perguntando se eles estavam preparados para vê-lo encarando Forrest Griffin: “Eu estou muito preparado”, avisou.

Leia também:

Leia também: Em semana de feriado americano, Las Vegas vira meca da luta

Depois de Cung Le passar pelo tatame, vários seguranças pediram que os fãs se afastassem. Era sinal de que o dono da festa estava para chegar. Antes dele, Ronaldo foi recebido com aplausos pelos fãs brasileiros, que eram maioria na sala do hotel. Algumas horas atrasado e cercado por muitos guarda-costas, Anderson apareceu vestido de quimono de jiu-jitsu. Vinte minutos depois, com certa insistência da torcida, Ronaldo, que acompanhava tudo em uma cadeira colocada ao lado do tatame, colocou as luvas e trocou alguns golpes com Anderson. “Socorro! Eu não sei fazer isso, não”, brincou o jogador. Mentor e treinador de Anderson, Steven Seagal também pisou no tatame, mas só mostrou suas habilidades com Rafael Feijão, parceiro de treino de Anderson Silva. Ao contrário dos outros lutadores, o campeão dos médios só concedeu entrevistas pré-agendadas pelo UFC e não desceu para o local onde os fãs esperavam para tirar fotos.

Continua após a publicidade

Acompanhe no site de VEJA, até o sábado à noite, a cobertura completa do UFC 148, com a luta entre Anderson e Sonnen, direto de Las Vegas.

Leia também:

Anderson x Sonnen não é só luta. É uma questão pessoal

No auge da popularidade, o MMA vai dando adeus a suas lendas

‘Eu apanhei de Júnior Cigano. Mas quero minha revanche’

Anderson Silva começa sua semana decisiva rumo ao UFC 148

Em vídeo, Anderson joga paintball – e Sonnen volta à escola

Continua após a publicidade
Publicidade