Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Twitter entregou: São Paulo cancela contratação de ‘corintiano’

Postagens antigas na rede social, com ofensas ao clube tricolor, causaram a anulação do contrato do atacante Getterson, de 25 anos

Por Da Redação 23 jun 2016, 09h40

Durou menos de cinco horas a passagem do atacante Getterson pelo São Paulo. O jogador de 25 anos, contratado junto ao J. Malucelli, do Paraná, chegou a ser apresentado oficialmente pelo clube nesta quarta-feira, mas foi traído por ter se excedido nas redes sociais no passado. Torcedores tricolores rapidamente foram pesquisar sobre a carreira do desconhecido atleta de nome incomum e encontraram uma conta no Twitter (inativa desde 2013) em que Getterson admitia ser torcedor do rival Corinthians e ainda se referia aos são-paulinos com o termo pejorativo “bambis”. A revelação enfureceu a torcida e o clube optou por cancelar o negócio, citando as “postagens incompatíveis” como justificativa.

Em uma postagem de 2011, Getterson, então com 20 anos, revelou sua paixão pelo rival. “Meu sonho é jogar no Corinthians, meu time do coração. Se Deus permitir, eu ainda chego lá, vou me preparar para isso.” A postagem que mais o comprometeu, porém, ocorreu em 2012: “Agora joguinho dos bambis kkk boa sorte pra eles, abraço galera”. Ele ainda celebrou o título mundial do Corinthians em 2012 nas redes sociais, entre outras postagens em referência ao clube alvinegro.

Presidente do São Paulo admite que clube banca Carnaval e ingressos da torcida organizada

A diretoria do São Paulo afirmou que, num primeiro momento, Getterson negou ser o dono das redes sociais, mas depois “se lembrou” da conta desativada em 2013. Pressionado pela torcida e conselheiros, o clube optou por cancelar o contrato.

“O São Paulo Futebol Clube comunica que não avançará na contratação do atacante Getterson após tomar ciência de que o jogador fez postagens incompatíveis com a sua permanência no clube. Antes de assinar o vínculo, ao ser questionado sobre o uso que fazia de canais de mídia social, o atleta negou ter conta no Twitter, mas posteriormente admitiu ter um perfil que usou até 2013. Constatada a veracidade da autoria, a direção optou por não dar prosseguimento ao acordo”, informou o clube em nota oficial.

Getterson, portanto, deve retornar ao J. Malucelli. O caso do jogador não é inédito: no fim do ano passado, o Barcelona cancelou a contratação do atacante Sergi Guardiola (nenhum parentesco com o treinador famoso), ao descobrir postagens de 2013 do atleta com mensagens a favor do rival Real Madrid e ofensas à Catalunha.

(da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade