Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tumulto em partida do Mazembe mata 15 no Congo

Outros 24 espectadores ficaram feridos na final do campeonato nacional

Pelo menos 15 torcedores foram mortos e outros 24 ficaram feridos na República Democrática do Congo, durante a partida entre ASV Club e Mazembe – o mesmo que eliminou o Inter no Mundial de Clubes de 2010 -, pela final do campeonato nacional, no domingo. De acordo com a polícia local, os torcedores morreram de asfixia após policiais atirarem bombas de gás lacrimogêneo para acabar com uma confusão da torcida. O episódio ocorreu no Estádio Tata Raphaël, em Kinshasa. O Mazembe venceu a partida por 1 a 0 e se sagrou campeão congolês.

Leia também:

Jogador do Milan é alvo de novo ato de racismo na Europa

A 1 mês da Copa, seleção pode ganhar, mas Brasil já perdeu

A briga teria começado depois da torcida do ASV Club ficar irritada com a derrota de sua equipe em casa. De acordo com o ministro Emmanuel Akweti, torcedores perseguiam quatro policiais quando eles reagiram lançado bombas de gás lacrimogêneo. As TVs locais mostraram corpos deitados fora de leitos do principal hospital de Kinshasa. Os canais mostraram também vestígios de fumaça pelo estádio, onde torcedores, cegos pelo gás lacrimogêneo, corriam em direções diferentes, chegando a tropeçar uns nos outros. A confusão foi grande e trágica. Por meio de seu Facebook, o Mazembe, postou imagem do ocorrido. Essa não é primeira vez que uma superlotação causa óbitos no Congo. No mês passado, 24 pessoas foram mortas quando um corte de energia causou tumulto em um festival popular de música.

(Com agência Estadão Conteúdo)