Clique e assine com até 92% de desconto

TST suspende decisão e autoriza jogo entre Flamengo e Palmeiras 

Tribunal Superior de Trabalho acatou pedido da CBF e time carioca entrou em campo do Estádio Allianz Parque, em São Paulo

Por Jana Sampaio Atualizado em 27 set 2020, 16h17 - Publicado em 27 set 2020, 15h30

Faltando um minuto para o horário marcado da partida entre Flamengo e Palmeiras neste domingo, 27, o Tribunal Superior do Trabalho revogou a suspensão do jogo e autorizou que os times se enfrentassem nesta tarde no Estádio Allianz Parque, em São Paulo. Apesar de apresentar um abaixo-assinado por 20 jogadores pedindo o adiamento da partida, o time carioca escalou algumas de suas principais estrelas, como os meio-campistas Arrascaeta e Gerson. O TST definiu que o rubro-negro tem meia hora para o time subir para subir ao campo. Caso não faça isso, o verde-e-branco vencerá a partida por WO.

A briga judicial teve início quando o Tribunal Regional do Trabalho do Rio acatou o pedido do Sindicatodos Funcionários de Clubes do Estado, o Sindiclubes, que entrou com uma ação civil pública para que uma nova data fosse definida ao fim do período de quarentena dos funcionários do clube. No sábado, 26, o juiz Filipe Olmo de Abreu Marcelino estipulou o pagamento de multa caso os atletas dos dois times entrem em campo. O Flamengo havia sido impedido também de treinar e viajar pelos próximos 15 dias.

O pedido do Flamengo tem gerado críticas de outros times e da própria torcida. O clube foi um dos principais articuladores do retorno dos torneios após Três meses de interrupção forçada pela pandemia. O pedido de adiamento chegou a ser aceito, a Confederação Brasileira de Futebol recorreu e o TRT manteve a suspensão, mas o TSE autorizou a partida.

Publicidade