Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trio colombiano dirigirá partida decisiva do Flamengo na próxima semana

Assunção, 4 abr (EFE).- Ainda na luta para se classificar para as oitavas de final da Taça Libertadores, o Flamengo enfrentará o Emelec nesta quarta-feira em Guayaquil, mas independentemente do resultado o time carioca precisará da vitória sobre o Lanús no próximo dia 12, no Engenhão, em um jogo que será apitado pelo colombiano Wilmar Roldán.

Roldán, que no Rio de Janeiro será auxiliado por seus compatriotas Abraham González e Wilson Berrío, já dirigiu dois jogos de times brasileiros na atual edição do torneio continental: a estreia do Corinthians, que empatou com o Deportivo Táchira, e a vitória por 2 a 0 do Vasco sobre o Libertad em São Januário.

Foi o colombiano quem esteve à frente da partida que classificou o Fluminense para as oitavas na Libertadores de 2011. Em um duelo cheio de confusões, o Tricolor bateu o Argentinos Juniors por 4 a 2 fora de casa e passou de fase, embora tenha caído logo em seguida justamente para o Libertad.

Já o Corinthians tem situação mais tranquila que o Fla e terá apenas que empatar com o Nacional no Paraguai na próxima quarta para garantir vaga com uma rodada de antecipação. O árbitro do duelo em Assunção será o argentino Patrício Loustau, auxiliado por seus compatriotas Ernesto Uziga e Ivan Gabriel Núñez.

O Vasco, por sua vez, poderá se classificar mesmo sem entrar em campo, caso o Libertad derrote o Nacional (URU) nesta quinta-feira. Caso isso não aconteça, a equipe do treinador Cristóvão Borges terá que pelo menos empatar com os uruguaios em Montevidéu na próxima quinta. O trio de arbitragem desse confronto será argentino, com Pablo Lunati no comando e Gustavo Esquivel e Juan Belatti como assistentes.

Um dia antes, o já classificado Fluminense receberá o Boca Juniors, que avançará às oitavas caso vença no Engenhão. O árbitro do jogo será o uruguaio Darío Ubriaco, auxiliado por seus compatriotas Carlos Pastorino e Carlos Changala.

A lista de trios de arbitragem para a nona semana de jogos da Libertadores é a seguinte:.

Terça-feira (10/04).

Quito: Deportivo Quito (EQU) – Defensor (URU).

Árbitro: Víctor H. Carrillo (PER).

Assistentes: Jonny Bossio e Raúl López (PER).

Barinas: Zamora (VEN) – Arsenal de Sarandí (ARG).

Árbitro: Julio Quintana (PAR).

Assistentes: Carlos Cáceres e César Franco (PAR).

Santiago: Unión Española (CHI) – Bolívar (BOL).

Árbitro: HEBER ROBERTO LOPES (BRA).

Assistentes: ROBERTO BRAATZ E MARCELO VAN GASSE (BRA).

Medellín: Atlético Nacional (COL) – Peñarol (URU).

Árbitro: Joaquín Antequera (BOL).

Assistentes: Efraín Castro e César Nistahuz (BOL).

Quarta-feira (11/04).

Guadalajara: Chivas Guadalajara (MEX) – Vélez Sársfield (ARG).

Árbitro: Henry Gambetta (PER).

Assistentes: César Escano e Jorge Yupanqui (PER).

Ciudad del Este: Nacional (PAR) – CORINTHIANS (BRA).

Árbitro: Patrício Loustau (ARG).

Assistentes: Ernesto Uziga e Ivan Gabriel Núñez (ARG).

Rio de Janeiro: FLUMINENSE (BRA) – Boca Juniors (ARG).

Árbitro: Darío Ubriaco (URU).

Assistentes: Carlos Pastorino e Carlos Changala (URU).

Quinta-feira (12/04).

Rio de Janeiro: FLAMENGO (BRA) – Lanús (ARG).

Árbitro: Wilmar Roldán (COL).

Assistentes: Abraham González e Wilson Berrío (COL).

Assunção: Olímpia (PAR) – Emelec (EQU).

Árbitro: Roberto Silvera (URU).

Assistentes: Mauricio Espinoza e Nicolás Taran (URU).

Lima: Alianza Lima (PER) – Libertad (PAR).

Árbitro: Juan Soto (VEN).

Assistentes: Jorge Urrego e Carlos López (VEN).

Montevidéu: Nacional (URU) – VASCO (BRA).

Árbitro: Pablo Lunati (ARG).

Assistentes: Gustavo Esquivel e Juan Belatti (ARG). EFE