Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Triguinho promete trabalho duro para corresponder às expectativas

O Atlético-MG tentou a contratação de um lateral-esquerdo para a temporada, mas não conseguiu trazer os nomes pedidos por Cuca. Kléber, do Internacional, e Ávine, do Bahia, foram duas tentativas da diretoria, porém, como não houve acordo, Triguinho e o jovem Eron devem brigar pela posição ao longo da temporada.

Apesar de tentar reforços para a posição, o técnico Cuca deixou claro que existem outros setores mais carentes dentro do elenco atleticano. Triguinho, que foi indicado pelo treinador alvinegro na temporada passada, agradece a confiança e destaca que a briga pela titularidade vai ser grande.

‘No ano passado foi difícil jogar pela situação do time na tabela. Os jogadores que entravam, pela pressão, não correspondiam também. Tem eu, o Eron, o Richarlyson, que também faz essa função. O importante é quem puder corresponder se preparar. A oportunidade aparece quando menos se espera. Então, temos que nos preparar durante a semana, nos treinamentos, para corresponder’, declarou.

Alheio às badalações, Triguinho espera atender aos pedido do técnico Cuca e ajudar o Atlético-MG a conseguir os objetivos. ‘Não sou um jogador de muito alarde, de muita badalação. Cheguei quietinho, fiz meu trabalho certinho. O Atlético-MG é grande, estou muito feliz. Espero continuar assim. Trabalho forte e estou preparado para o que Cuca pedir. Vou treinar forte e, quando puder entrar, vou defender as cores do Atlético-MG’, disse.