Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Tricampeão em Indianápolis, Franchitti lembra de ex-companheiro

Por Da Redação - 27 maio 2012, 21h37

Com a vitória nas 500 Milhas de Indianápolis, neste domingo, Dario Franchitti chegou a três triunfos na mais tradicional prova da Fórmula Indy. O escocês quase foi ultrapassado pelo japonês Takuma Sato na última volta, mas conseguiu manter a liderança e ainda viu o concorrente bater no muro e rodar, causando uma bandeira amarela que ajudou o piloto a vencer a prova.

‘Na última volta, andei lado a lado com Takuma. Tentei dar-lhe espaço, mas tocamos. Apenas consegui me manter fora dos problemas’, disse Franchitti.

Dario ainda fez questão de prestar homenagem ao ex-companheiro de Chip Ganassi, Dan Wheldon, falecido em Las Vegas, na temporada passada. ‘Obrigado a todos os fãs que estão saudando nosso amigo Dan. Que corrida foi essa! Dan estaria orgulhoso’, analisou. ‘Agora, meu rosto está cercando o de Dan nos dois lados’, ressaltou o piloto, destacando as duas miniaturas de seu rosto, que aparecem no troféu da prova junto da imagem da face de Wheldon. Os dois venceram as três últimas corridas em Indiana: Franchitti em 2010 e 2012, e Wheldon em 2011. O representante da Escócia ainda ganhou a prova em 2007.

Após mais essa vitória nas 500 Milhas, Dario se junta ao grupo de tricampeões. Além dele, o brasileiro Helio Castroneves e outros cinco pilotos já ganharam a corrida em três oportunidades. Os grandes recorditas são AJ Foyt, Al Unser Sr e Rick Mears, com quatro triunfos cada um.

Publicidade