Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tribunal reduz suspensão de Neymar na Liga dos Campeões

Atacante brasileiro foi punido por ofensas à arbitragem, via redes sociais, na eliminação do PSG na edição passada

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) anunciou nesta terça-feira, 17, a redução da suspensão do Neymar, do Paris Saint-Germain, de três para dos jogos válidos pela Liga dos Campeões. Com isso, o brasileiro está liberado para atuar na terceira rodada da fase de grupos, contra o Bruges, em 22 de outubro. Nesta tarde, ele será desfalque na estreia diante do Real Madrid, a partir das 16h (de Brasília), no Parque dos Príncipes.

No dia 6 de março, após a eliminação do PSG pelo Manchester United nas oitavas de final da Champions, Neymar ofendeu o trio de arbitragem nas redes sociais ao reclamar de um pênalti marcado após a consulta ao VAR nos minutos finais do jogo de volta.

Depois de assistir da tribuna de honra a eliminação do PSG em março, Neymar, que estava lesionado, escreveu no Instagram: “Isso é uma vergonha!! Ainda colocam quatro caras que não entendem de futebol para ficar olhando lance em câmera lenta… Isso não existe!!! Como o cara vai colocar a mão de costas? Ah, vá para a pqp…”.

O brasileiro foi suspenso por três partidas pela Uefa em 25 de abril, decisão confirmada após um recurso em 19 de junho. Nesta tarde, no entanto, em aplicação ao artigo 15 do regulamento disciplinar da Uefa, que estabelece uma suspensão de pelo menos duas partidas em caso de “linguagem inadequada” contra um árbitro, o TAS “confirmou parcialmente” a decisão da comissão de disciplina da Uefa e reduziu a suspensão de Neymar a dois jogos.

O atacante perderá, portanto, os jogos contra Real Madrid, em casa, e Galatasaray, na Turquia. Neymar retornou ao time do PSG após quatro meses de ausência, no último sábado 6, contra Estrasburgo pelo Campeonato Francês e marcou, nos minutos finais, um golaço de bicicleta que deu a vitória por 1 a 0 a seu time.