Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Treinador é suspenso após agressão a jogador

John Tomic deu cabeçada em companheiro de treino do seu filho Bernard

A ATP anunciou nesta terça-feira que vai suspender provisoriamente o pai e treinador do tenista Bernard Tomic, John Tomic, acusado de agressões contra o próprio filho, atualmente o 49º colocado do ranking mundial, e contra um parceiro de treino do atleta, o francês Thomas Drouet. John não poderá entrar nos torneios organizados pela entidade enquanto o caso estiver sendo investigado, e corre o risco de nunca mais entrar num torneio. “O senhor Tomic teve suspensa sua credencial e seus privilégios em todos os eventos da ATP até segunda ordem.” Em entrevista ao jornal francês L’Equipe, Drouet disse que John Tomic “é uma pessoa perigosa” e pediu o banimento definitivo do treinador, que, segundo ele, teria agredido o próprio filho semanas atrás.

Leia também:

Treinador é acusado de dar uma cabeçada em jogador

Djokovic é eliminado em Madri pelo namorado de Sharapova

Michael, do Fluminense, é flagrado com cocaína em antidoping

John teria acertado uma cabeçada em Drouet no sábado, em Madri, antes do início do Masters 1000 disputado na capital espanhola. Duas versões do incidente envolvendo o treinador estão sendo investigadas. Uma delas dá conta de que ele estava discutindo com o seu filho quando Thomas Drouet tentou proteger o tenista. Outra aponta que o pai de Bernard teria discutido diretamente com o parceiro de treino do jogador. De acordo com relato da rádio francesa RMC, Drouet fraturou o nariz e algumas vértebras. John Tomic, porém, negou que tenha sido detido, como a imprensa australiana chegou a noticiar. O pai de Bernard já admitiu a agressão a Drouet, mas disse que foi em “legítima defesa”.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)