Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Treinador corintiano ignora especulações e fala em manter elenco

As recentes notícias a respeito da venda de corintianos para outros clubes após a final da Copa Libertadores não mexeram com Tite. Por saber do que se passa internamente bem antes do que a imprensa veicula, o treinador negou que isso possa atrapalhar a equipe na decisão de quarta-feira, contra o Boca Juniors.

‘Tem coisa muito mais importante para se falar, mas também não pauto ninguém, isso acaba acontecendo. O que tenho, por parte da direção e dos atletas, é o pensamento na competição, no jogo. Nós queremos a manutenção do elenco com acréscimo de qualidade’, disse, não se mostrando preocupado com o assunto.

‘Tenho a palavra da direção quanto à manutenção do grupo. Uma hora é Leandro (Castán), em outra Willian, depois Tite, depois Antônio, aí vai todo o mundo embora. Nós estamos focados no nosso trabalho, sempre foi assim. Aliás, já devo ter perdido uns cinco ou seis jogadores em cada vez que me perguntam sobre a saída de algum’, ironizou.

Ao que tudo indica, no entanto, o comandante corintiano deverá perder algumas peças para a sequência da temporada. Leandro Castán, segundo noticia a imprensa italiana, já estaria vendido para a Roma pelo valor de aproximadamente R$ 13 milhões. Outro que estaria acertado para sair ao fim da Libertadores é Willian. O destino do atacante serva seria o Metalist, da Ucrânia.

O clube nega qualquer venda de jogador e diz que o assunto será tratado somente depois da competição continental. Um eventual título pode ser um trunfo a favor dos dirigentes, pois o Corinthians se classificaria para a final do Mundial de Clubes, no fim do ano, no Japão.

Esse argumento foi o utilizado na virada do ano, quando a equipe venceu o Campeonato Brasileiro. Os principais atletas foram mantidos justamente para a disputa da Libertadores.