Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torres encerra jejum e ajuda Chelsea a se classificar na Copa da Inglaterra

Redação Central, 18 mar (EFE).- O atacante espanhol Fernando Torres marcou dois gols neste domingo e acabou com um incômodo jejum que durava quase cinco meses, na vitória por 5 a 2 do Chelsea sobre o Leicester City, da segunda divisão, pelas quartas de final da Copa da Inglaterra.

‘El Niño’ não marcava desde 19 de outubro do ano passado, quando marcou duas vezes contra o Genk, da Bélgica, pela Liga dos Campeões. Ao todo, eram 24 partidas sem balançar as redes.

O atacante, contratado por 50 milhões de libras junto ao Liverpool, deu fim à seca aos 22 do segundo tempo, após cruzamento de Raúl Meireles. E foi o português que serviu Torres em seu segundo gol também, quando faltavam cinco minutos para o fim do jogo.

Gary Cahill, Salomon Kalou e o próprio Raúl Meireles marcaram os outros gols da equipe de Londres. Ben Marshall e Jermaine Beckford marcaram os gols do Leicester.

Outro classificado neste domingo foi o Liverpool, que venceu o Stoke City por 2 a 1, com gols de Luis Suárez e Stewart Downing. Peter Crouch descontou.

Suárez abriu o marcador aos 20 minutos de jogo, após aproveitar cruzamento do argentino Maxi Rodríguez. Três minutos depois, Peter Crouch, ex-Liverpool, depois de jogada de Matthew Etherington, empatou.

Aos 15 minutos da etapa final, Downing aproveitou jogada de Steven Gerrard e marcou o segundo dos ‘Reds’.

No sábado, Everton e Sunderland empataram por 1 a 1, em Liverpool e disputarão ‘replay’ dia 27, em Sunderland, para definir o terceiro semifinalista.

Já o confronto entre Tottenham e Bolton foi suspenso aos 41 minutos, quando estava 1 a 1, devido ao incidente envolvendo o meia Fabrice Muamba, que teve uma parada cardíaca no campo de jogo. Ainda não há data para a disputa do restante da partida.

Segundo sorteio realizado neste domingo, o Chelsea enfrentará nas semifinais o vencedor do duelo entre ‘Spurs’ e Bolton, enquanto o Everton fará o clássico com o Liverpool caso passe pelo Sunderland. EFE

apa/bg/dr