Clique e assine com até 92% de desconto

Torcida se divide e Palmeiras faz festa discreta na Série B

Entre diferentes setores do estádio do Pacaembu, havia silêncio e muita pressa para deixar local; parte da torcida, no entanto, apoiou ao ecoar grito "campeão"

Por Da Redação 16 nov 2013, 19h05

Sem muita euforia ou clima tenso. O Palmeiras fez uma festa bastante discreta no gramado do Pacaembu para comemorar, neste sábado, o título da Série B do Campeonato Brasileiro, após vitória por 3 a 0 sobre o Boa Esporte. Nada de volta olímpica ou troféu improvisado. A reação com a conquista da competição foi dividida. Alguns ecoaram o grito de ‘campeão’; outros deixaram rapidamente o estádio – quinze minutos após o apito final do árbitro, o Pacaembu já estava vazio.

Como desde o início do segundo tempo a vitória já havia sido consumada – com um placar de 2 a 0, em casa, e sem muita pressão do adversário -, nada indicava que o Palmeiras ficaria sem o título da competição. Parte da torcida (17.163 pagantes) diluiu a festa pelo segundo tempo.

A divisão ficou clara. Nos setores em que havia torcida organizada, houve silêncio e pressa. Nas demais partes do estádio, como cadeiras numeradas ou tobogã, a festa foi longa, a mesma dos jogadores, que se reuniram em campo para comemorar o segundo título da segunda divisão na quase centenária história do clube. O técnico Gilson Kleina foi discreto, mas seguiu até o alambrado para comemorar com alguns torcedores, que demonstravam apoio a ele. A torcida mereceu uma faixa: “Obrigado pelo apoio incondicional”.

“Fomos um clube que valorizou as competições. Conquistamos a Série B com muito suor, muito sacrifício e a mobilização de todos”, explica Kleina. “Eles representaram bem a camisa do Palmeiras. Trouxemos o gigante para a Série A. A missão foi nos dada, a missão foi cumprida”, finalizou.

O jogo deste sábado foi o último do Palmeiras no estádio paulistano, em 2013. Na próxima e última rodada como mandante, a equipe treinada por Gilson Kleina receberá o Ceará em Campo Grande (MS). Já na rodada derradeira da Série B do Campeonato Brasileiro, o adversário será a Chapecoense, fora de casa.

(Com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade