Clique e assine a partir de 9,90/mês

Torcedores do São Paulo e Santos entram em confronto

Confusão aconteceu na Marginal Pinheiros, Zona Oeste da capital, e deixou carros danificados. Uma pessoa ferida foi levada ao hospital da região

Por Da Redação - 24 ago 2014, 20h47

Torcedores de São Paulo e Santos entraram em confronto neste domingo, na Ponte Eusébio Matoso, Zona Oeste da capital paulista, segundo informações da Polícia Militar. A briga aconteceu por volta das 14h30 (de Brasília) – horas antes do início da partida que culminou com a vitória do Tricolor -, e deixou uma pessoa ferida. Não há informações relativas às prisões dos participantes da confusão.

Leia também:

Barcos decide, Grêmio vence Corinthians e ajuda Inter

Atlético-MG derrota Inter com gol de Diego Tardelli

Continua após a publicidade

Segundo o capitão Arcanjo, responsável pelo policiamento no Estádio do Morumbi, a confusão aconteceu distante da área protegida pela polícia. “O grupo que brigou não estava recebendo a escolta da polícia”, afirmou, lembrando que as torcidas organizadas costumam solicitar a proteção da polícia durante o caminho ao Estádio.

Na briga, sete carros foram danificados. Um torcedor santista foi agredido e encaminhado ao Pronto Socorro Bandeirantes, no Butantã. “Segundo informações preliminares, foram 40 são-paulinos contra dez santistas”, completou.

No Morumbi, duas ocorrências foram registradas. Um torcedor foi detido por tentar arremessar uma lata de cerveja no ônibus da delegação santista na chegada ao Estádio e outro acabou sendo pego ao tentar passar o bloqueio da polícia para se aproximar à torcida do Santos. “Eles foram encaminhados ao Jecrim, processados e condenados por provocação de tumulto”, disse o capitão Arcanjo.

Torcidas de Santos e São Paulo têm histórico de confronto. A mais grave aconteceu em fevereiro, quando são-paulinos emboscaram santistas no Jardim Aricanduva, na Zona Leste. Na ocasião, Márcio Barreto de Toledo, de 34 anos, foi agredido com barras de ferro e morreu. Há duas semanas, torcedores de Corinthians e Santos também brigaram antes do clássico na Vila Belmiro.

Continua após a publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade