Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcedor lança iniciativa para pagar salários e Aílson abre mão por funcionários

Um torcedor do Guarani abriu conta bancária nesta semana com a motivação de pagar os dois meses de salários atrasados aos jogadores do Guarani. O capitão Aílson, entretanto, disse que vai conversar com os companheiros para que o valor seja revertido aos funcionários do clube.

Em nome de uma das organizadas, esse torcedor pede uma vitória no derby deste sábado, às 16h20 (de Brasília), para que o valor seja depositado. Em caso de derrota ou empate, os funcionários seriam pagos.

‘Eu vou conversar com os meus companheiros para que, mesmo se nós vencermos, esse dinheiro ir para os funcionários. Estão todos precisando, foi uma atitude legal do torcedor, mas eles precisam mais que a gente, até pelo salário que recebem’, disse, em clima de solidariedade, o zagueiro e capitão bugrino.

Dentro de campo, diante da Ponte Preta, o único desfalque do Bugre será o atacante Marcelo Macedo, que recebeu um cartão amarelo discreto na última rodada. Ao sair de maca enquanto o Guarani ainda empatava, o jogador foi lento e acabou advertido com o terceiro cartão. Chiquinho e Felipe, que ainda se recuperam de lesões de grau leve, são dúvidas.

O técnico Giba, que não pretende não fazer alterações na equipe além da entrada de Fabinho no lugar de Macedo e do retorno de Éwerthon Páscoa na zaga, lamentou ter que fazer essa mudança: ‘Eu estou muito sentido de não contar com o Marcelo. Ele vinha numa crescente e tem um papel importante no nosso time’.