Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcedor do Vasco morre três dias após briga no clássico contra o Fluminense

Felipe Souza Moreira, de 24 anos, foi espancado e estava em coma induzido em um hospital de Duque de Caxias, no Rio

Mais um caso de violência e intolerância entre torcidas rivais no Brasil teve um desfecho triste. Nesta quarta-feira, morreu o vascaíno Felipe Souza Moreira, de 24 anos, três dias após ter sido espancado durante uma briga entre torcedores do Vasco e do Fluminense, ocorrida nos arredores da estação de trem de Mesquita, na Região Metropolitana do Rio, momentos antes do clássico do último domingo, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Engenhão. Moreira estava internado em coma induzido no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, bairro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Leia também:

Torcidas organizadas recebem R$ 3 mi para desfilar em SP

Corintiano que disparou sinalizador em boliviano ganha cargo na Gaviões

Jovem morre após briga entre organizadas e polícia no RS

Outros três torcedores se feriram na briga, que só foi interrompida com a chegada dos policiais. Eles chegaram a ser internados no Hospital Geral de Nova Iguaçu (Baixada Fluminense), com escoriações pelo corpo, mas já receberam alta e passam bem. A Polícia Civil investiga o caso, mas por enquanto nenhum agressor foi identificado. Os feridos serão convocados para depor na 53ª Delegacia de Polícia (Mesquita).

(Com Estadão Conteúdo)