Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Toninho não gosta de atuação do Avaí e cogita usar três zagueiros

Por Da Redação 25 set 2011, 19h23

O sexto jogo consecutivo sem vitória do Avaí desagradou o técnico Toninho Cecílio, que queria que a equipe iniciasse uma reação para sair da zona de rebaixamento na partida contra o Grêmio. O revés por 2 a 1 para os gaúchos, em plena Ressacada, demonstrou mais uma vez a necessidade de mudanças no Leão.

‘Não gostei da maneira que a equipe jogou. Era para jogar mais solta, com mais confiança e posse de bola. Até os 20 minutos o Grêmio teve mais posse de bola, mas equilibramos o jogo depois. Falhamos na saída de bola no primeiro gol e fizemos mudanças no intervalo, mas a equipe sentiu o segundo gol’, analisou o treinador.

Lamentando as falhas defensivas da equipe, Toninho disse que pensa em utilizar o esquema com três zagueiros, mas não deu pistas das mudanças que fará para o confronto contra o Bahia, no próximo sábado, em Salvador.

‘Nós precisamos acertar o setor defensivo e diminuir o número de gols tomados, então essa é uma das formações que a gente pensa (com três zagueiros). A cada rodada tentamos dar mais segurança a esse setor, mas o sistema defensivo depende de todos, não só dos zagueiros’, lembrou Toninho.

Ainda restando 12 jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, o treinador evita criar metas de pontuação para a equipe e pensa apenas nos jogos seguintes.

‘Está muito longe para fazer conta. Temos que saber jogar contra o Bahia, fora de casa, e contra todos os outros, principalmente nos confrontos diretos, que são extremamente decisivos’, alertou o comandante.

Continua após a publicidade
Publicidade