Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Título ‘no quintal de casa’ era uma obsessão, diz Djokovic

<p>Sérvio, que mora em Monte Carlo, impediu o nono título de Nadal em Mônaco</p>

Por Da Redação Atualizado em 11 jan 2022, 21h43 - Publicado em 22 abr 2013, 09h05

“Todo mundo sabe como Nadal é forte desde o primeiro ponto”, disse o número 1 do mundo

Campeão de quase todos os torneios que já disputou, Novak Djokovic acumula os títulos das competições mais cobiçadas de todo o circuito internacional de tênis. Apesar de tantas conquistas, ainda há alguns objetivos que despertam um interesse maior do atleta. Um exemplo disso é o Masters 1000 de Monte Carlo, vencido por ele, diante de Rafael Nadal, no domingo. Morador do principado de Mônaco, ele queria ganhar o troféu “no quintal de casa” a todo custo. “Eu queria muito isso. Minha vida toda pensei nisso, mas especialmente nos últimos seis ou sete anos, em que passei a ficar mais tempo em Monte Carlo, passei a morar aqui, treinar nestas quadras. Qualquer um que tenha visto minha expressão ao final da partida percebeu o quanto a vitória foi importante para mim”, declarou o sérvio.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Djokovic mostrou superação e fez de tudo para estar presente na competição. Após uma torção no tornozelo, em uma partida da Copa Davis, contra os EUA, o atleta virou dúvida para a competição, mas trabalhou muito na recuperação e confirmou presença um dia antes da data da estreia. Na volta à competição, ficou evidente que o tenista ainda não estava totalmente recuperado. Nas primeiras partidas, levou sustos e perdeu os primeiros sets, mas conseguiu se recuperar para avançar. Nas quartas de final e na semi, a situação foi diferente e ele conseguiu vitórias tranquilas. O bom desempenho foi confirmado contra Nadal, oito vezes campeão de Monte Carlo e que buscava a marca inédita de primeira tenista a vencer nove vezes o mesmo torneio. “Todo mundo sabe como Nadal é forte desde o primeiro ponto”, disse o número 1.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade