Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tite vê ‘campeonato paralelo’ em duelo com Palmeiras

Por Vítor Marques

São Paulo – Embora o Corinthians precise de apenas um empate para ser campeão no próximo domingo e esteja dois pontos à frente do vice-líder Vasco antes da última rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Tite adotou um discurso cauteloso ao comentar, nesta terça-feira, a chance de conquistar o título diante do arquirrival Palmeiras, no clássico do Pacaembu.

O treinador destacou que a grande rivalidade entre corintianos e palmeirenses é um componente extra de tensão. E Tite fala isso com conhecimento de causa, pois também já dirigiu o time do Palestra Itália em jogos contra a equipe do Parque São Jorge. “Um Corinthians x Palmeiras é um jogo de um campeonato paralelo, sei dessa dimensão porque trabalhei nas duas equipes. Tive vitória dos dois lados. Quero ficar focado no trabalho, falei com o grupo: ‘Fiquem atentos ao trabalho, repitam o que nos trouxe até aqui, tenham cuidado fora do campo'”, afirmou Tite.

O fato de ter fracassado em algumas competições e triunfado em outras como técnico também fazem Tite evitar o otimismo exagerado ao falar sobre o jogo do próximo domingo. “Ja perdi títulos que estavam próximos, já ganhei uns que achei que estavam longe”, lembrou o treinador, para depois admitir que não seria um absurdo ficar sem o título brasileiro, apesar de ressaltar que as chances são grandes de conquistar a taça.

“Não consigo fugir do fato real, tem nove possibilidades (vitória, empate e derrota de Corinthians, Flamengo e Vasco na última rodada) e oito nos dão o título, mas vamos ficar atentos ao desempenho, jogar mais que o Palmeiras, marcar mais que o Palmeiras e ter os resultados que nos darão o título… Agora perder é da vida, o Vasco fez um baita campeonato, chegam as duas melhores equipes (na disputa pelo título)”, acrescentou.

Já ao ser informado do fato de que Luiz Felipe Scolari afirmou, na última segunda-feira, em entrevista à Rádio Bandeirantes, que Tite merece ser eleito o melhor técnico deste Brasileirão, o comandante do Corinthians agradeceu ao técnico palmeirense, apesar de ter discutindo publicamente com Felipão na semifinal do último Paulistão, no Pacaembu. O conflito, na época, estremeceu a relação dos dois comandantes gaúchos, que até então era boa. “Vindo de Luiz Felipe, fico agradecido, obrigado pelo reconhecimento do meu trabalho”, enfatizou, deixando a última rusga entre os dois de lado.