Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tite se diz ansioso e tranquilo antes de jogo decisivo no Equador

Por Da Redação 30 abr 2012, 08h46

O técnico Tite e seus jogadores acordaram cedo nesta segunda-feira. O Corinthians deixou a concentração no CT Joaquim Grava por volta de 5 horas para viajar a Guaiaquil, no Equador, onde enfrentará o Emelec pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. No Aeroporto de Cumbica, a maioria superava o sono com a expectativa para o jogo decisivo.

‘A ansiedade é inevitável pela grandeza da competição e pela responsabilidade e pela ambição que temos. Mas estou tranquilo porque sei que a equipe pode e deve produzir bem no Equador’, comentou Tite, enquanto cumprimentava efusivamente o presidente Mário Gobbi, que chegou ao aeroporto minutos antes da delegação corintiana.

Nem todos os jogadores, no entanto, partilhavam da disposição do treinador. O irreverente atacante Emerson Sheik foi um dos que se queixaram do horário da viagem, mas com bom humor. Já o goleiro Julio Cesar, afastado do time titular após falhar na semifinal do Campeonato Paulista, evitou a imprensa com grandes fones no ouvido e uma expressão irritada no rosto.

Poucos curiosos acompanharam o embarque do Corinthians. Apenas um deles estava caracterizado como torcedor (vestia uma camiseta da maior torcida organizada do clube), aproveitando para tirar fotos de diretores e jogadores.

No Equador, já com o dia claro, provavelmente o assédio ao Corinthians será maior. ‘Teremos um jogo difícil lá. Não vamos enfrentar altitude, mas o Emelec possui uma qualidade técnica maior do que outros times. Não dá para escolher adversário agora’, concluiu o ansioso e tranquilo Tite.

Continua após a publicidade
Publicidade