Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Tite esconde o jogo e encerra preparação para semi da Libertadores

Por Da Redação - 19 jun 2012, 18h13

As câmeras tentaram captar a imagem das movimentações através dos mais potentes recursos de zoom, os olhos atentos buscavam qualquer característica pessoal que pudesse lembrar um jogador do Corinthians. Tudo, no entanto, foi em vão. No campo mais distante do CT Joaquim Grava, o único em que a imprensa fica impossibilitada de acompanhar, o Timão encerrou sua preparação para enfrentar o Santos.

Nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), o time do técnico Tite enfrenta o Peixe, no estádio do Pacaembu, pelo segundo jogo das semifinais da Copa Libertadores. Sonhando com a final inédita e contando com a vantagem da vitória por 1 a 0 na Vila Belmiro, o único mistério corintiano se refere à formação tática.

A escalação de Danilo como um ‘falso centroavante’, como foi na quarta-feira passada, quando ele atuou mais adiantado do que Alex, é a possibilidade mais evidente, pois Tite não vem treinando outra opção. A única mudança, não na postura tática, mas na formação, será a entrada de Willian para substituir o suspenso Emerso

As únicas dúvidas foram sanadas no treino desta terça-feira, com o zagueiro Chicão treinando normalmente e Fabio Santos participando da atividade tática. O próprio lateral confirmou sua escalação: ‘Eu tomei uma ‘paulistinha’ (pancada na coxa) e estava incomodando, na segunda amanheceu dolorido. Hoje só teve trabalho tático e eu participei. Até a hora do jogo vou estar zerado

Publicidade

Em seu ‘jogo do ano’, o Corinthians terá a seguinte escalação: Cassio; Alessandro, Leandro Castán, Chicão e Fabio Santos; Ralf, Paulinho, Alex e Danilo; Willian e Jorge Henrique. Completarão a delegação que vai ao estádio do Pacaembu outros dez jogadores: Julio Cesar e Danilo Fernandes (goleiros), Welder e Ramon (laterais), Marquinhos e Wallace (zagueiros), Romarinho e Douglas (meias), Liedson e Elton (atacantes). Foram cortados da lista o meio-campista Cachito Ramírez, os atacantes Gilsinho e Emerson Sheik (titular, mas suspenso), e o volante Willian A

Publicidade