Clique e assine a partir de 8,90/mês

Tite admite dúvida para montar ataque corintiano

Por Da Redação - 18 out 2011, 12h16

Por Fábio Hecico

São Paulo – Com os prováveis retornos dos atacantes Emerson e Adriano, ambos em melhor forma física, o técnico Tite admitiu nesta terça-feira que ainda não sabe como montará o ataque do Corinthians para enfrentar o Internacional, no próximo domingo, no Beira-Rio, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Agora, são sete jogadores brigando por quatro vagas na equipe.

Tite, no entanto, já confirmou que Adriano ainda não tem condições de ser titular, mas pode ficar como opção no banco de reservas. Assim, o técnico pode voltar a escalar três atacantes, como fez em boa parte do campeonato – diante disso, os meias Alex e Danilo brigariam por uma vaga. No ataque, Emerson, Liedson, Willian e Jorge Henrique são as alternativas.

O próprio treinador admite a dúvida na escalação. “O Emerson ficou bastante tempo parado sem nenhum trabalho físico, conversei com ele para superar as dores. Vai ter trabalho durante a semana, até sexta-feira. Tem o Jorge Henrique, Danilo, Liedson, Alex, Emerson… Desses aí vou definir a escalação”, declarou Tite, em entrevista coletiva nesta terça.

No treinamento pela manhã, Adriano e Emerson realizaram trabalho separado, ainda tentando readquirir a melhor forma física. E a presença de Adriano entre os relacionados para o jogo de domingo ainda é incerta. “Dependerá da evolução dos trabalhos. Ontem (segunda-feira) não pôde treinar conosco, estava no departamento médico. Hoje (terça) também e isso prejudica a evolução dele”, disse Tite.

Mas as dúvidas do treinador não se limitam ao ataque. No setor defensivo, ele não poderá contar com o lateral-esquerdo Ramon, que recebeu o terceiro cartão amarelo. O titular Fábio Santos sofreu uma lesão nos ligamentos joelho esquerdo diante do Botafogo, na última quarta-feira, e deveria ficar afastado por aproximadamente mais 15 dias.

Diante disso, Tite deve optar entre o lateral-direito Weldinho e o zagueiro Leandro Castán para ocupar a lateral-esquerda. “Tem essas possibilidades. Inicialmente é o Welder, mas não fecho a possibilidade de o Fábio Santos voltar”, declarou o técnico. “Os dois têm possibilidades de entrar, mas ainda vejo o Fábio Santos pela evolução”, completou.

Continua após a publicidade
Publicidade