Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tinga reclama do gramado dos Aflitos e parabeniza luta do Cruzeiro

O Cruzeiro mais uma vez não conseguiu apresentar um bom futebol e ficou apenas no empate com o Náutico, no segundo jogo pelo Brasileiro. O estreante Tinga afirmou que gostaria de ter começado a trajetória na Raposa de forma diferente, mas o jogador já viu evolução na equipe celeste. O meio-campista, porém, reclamou das condições do gramado do estádio dos Aflitos, que, segundo ele, prejudicou o time cruzeirense.

‘Queria ter estreado com uma vitória, com um campo melhor e em uma situação melhor. Foi praticamente impossível de jogar futebol, pelo gramado, pela situação do jogo, mas tínhamos que competir e disputar todas as bolas, e isso a equipe fez. Isso é um começo de uma equipe que quer buscar as vitórias e tem que se adequar às situações de jogo, e hoje (sábado) sabíamos que era só brigar e isso fizemos’, declarou.

Tinga disse ainda que o Cruzeiro é um time de posse e toque de bola, o que não foi possível de apresentar neste sábado pelo gramado ruim do estádio dos Aflitos. O volante da Raposa, que foi substituído no segundo tempo, deu os parabéns aos companheiros pela vontade e pela luta demonstrada em campo, o que deve prevalecer na sequência do Brasileiro.

‘Aqui é impossível de tocar a bola, de buscar uma posse de bola, e nossa equipe ainda está se entrosando. Quando pega um piso deste aqui, fica difícil de realizar um bom jogo. A equipe está de parabéns, e o Cruzeiro começa a ter uma cara de disputar e vender caro cada ponto’, afirmou.