Clique e assine a partir de 9,90/mês

Thiem bate Zverev de virada e é campeão do US Open 2020

Terceiro colocado do ranking da ATP, tenista austríaco conquistou seu primeiro título de Grand Slam em uma emocionante decisão em Nova York

Por Reuters - Atualizado em 13 set 2020, 22h27 - Publicado em 13 set 2020, 22h22

O austríaco Dominic Thiem conquistou seu primeiro título de Grand Slam de tênis na noite deste domingo, 13, com uma incrível virada diante do alemão Alexander Zverev por 3 sets a 1, com parciais de 2-6/4-6/6-4/6-3/7-6 na final do US Open, em Nova York. O jogo foi realizado sem a presença de público, em respeito aos protocolos de prevenção ao coronavírus.

Terceiro colocado do ranking da ATP, o atleta de 27 anos havia sido derrotado em suas três primeiras finais do Grand Slam, nas duas últimas decisões de Roland Garros diante de Rafael Nadal, e no Aberto da Austrália deste ano, contra Novak Djokovic.

Neste domingo, Thiem ficou em situação grave ao perder os dois primeiros sets (ao longo do torneio, tinha perdido apenas um), mas manteve a concentração e conseguiu superar Zverev, quatro anos mais jovem, que disputou sua primeira final de Grand Slam.

“Gostaria que houvesse dois vencedores hoje, nós dois merecemos”, discursou Thiem, o segundo austríaco a ganhar um título de Grand Slam, sucedendo Thomas Muster, vencedor do Roland Garros de 1995. Esta foi a primeira vez que um tenista consegue reverter uma final na qual perdia por 2 sets a 0 desde o argentino Gaston Gaudio no Roland Garros de 2004.

Thiem registrou ainda outra marca histórica: se tornou o primeiro jogador masculino nascido na década de 1990 a conquistar um Grand Slam. O último tenista a vencer um dos quatro maiores torneios da temporada além de Riger Federar, Rafael Nadal e Nova Djokovic havia sido o suíço Stan Wawrinka, no US Open 2016.

Continua após a publicidade
Publicidade