Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Tevez deixa time do coração para faturar ‘bolada’ na China

O jogador de 32 anos, ídolo do clube argentino, receberá cerca de 130 milhões de reais em time da primeira divisão chinesa

Por Da redação 29 dez 2016, 13h17

Ao voltar para o Boca Juniors em julho de 2015, o atacante argentino Carlitos Tevez – famoso no Brasil como ídolo do Corinthiansdisse que “dinheiro não traz felicidade”, referindo-se ao montante que faturava na Juventus, da Itália, em sua melhor fase da carreira. Mas nem sempre a máxima reflete a realidade: na noite desta quarta-feita, o time de La Bombonera, onde Tevez cresceu e estreou aos 17 anos, anunciou a saída do jogador para a China em mais uma transação milionária do futebol asiático.

O Boca Juniors chegou a um acordo de 11 milhões de dólares (aproximadamente 35 milhões de reais) com o Shanghai Shenhua, equipe de outros bons nomes como o experiente nigeriano Obafemi Martins e o colombiano Fredy Guarín. Tevez foi seduzido por uma verdadeira bolada que ganhará em um contrato de dois anos: 40 milhões de dólares (cerca de 130 milhões de reais). O Shanghai terminou o último Campeonato Chinês na quarta colocação.

Em comunicado publicado no site oficial do clube argentino, Tevez agradeceu ao Boca Juniors por respeitar sua vontade de continuar a carreira no país asiático e encontrar uma solução que “beneficiou todas as partes envolvidas”. O atacante marcou 25 gols em 56 partidas durante sua segunda passagem pela equipe e ajudou na conquista de dois títulos, da Copa Argentina e do Campeonato Argentino, ambos em 2015.

O jogador Tevez, do Boca Juniors, comemora gol durante partida contra o River Plate, em partida válida pelo Campeonato Argentini, realizada no estádio Antonio Liberti, em Buenos Aires - 11/12/2016
Carlitos Tevez, ídolo do Boca Juniors, estreou com a camisa do clube de coração em 2001, aos 17 anos Marcos Brindicci/Reuters

“Boa sorte, Carlitos! Sempre estará em nossos corações. A partir de amanhã, o mundo xeneize começará a sonhar com a sua volta e trabalharemos para facilitar o seu retorno. Qualquer esforço será mínimo para vê-lo novamente com a nossa camisa”, escreveu o clube.

Revelado pelo Boca Juniors, Tevez brilhou na sua primeira passagem pelo time argentino, de 2001 a 2004, sendo campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2003. Depois se transferiu para o Corinthians, onde foi campeão brasileiro em 2005. Na Europa, defendeu West Ham, Manchester United, Manchester City e Juventus, antes de acertar seu retorno ao clube de coração.

  • Invasão chinesa

    Agora Tevez é mais uma estrela a se transferir ao futebol chinês. Os clubes chineses vêm investido pesado para atrair jogadores e desenvolver seu futebol. Recentemente, o Shanghai SIPG fechou acordo com o meia Oscar, do Chelsea. Outras estrelas que se uniram aos clubes chineses foram os brasileiros Hulk, Ramires, Paulinho e Renato Augusto, o atacante colombiano Jackson Martínez e o atacante argentino Ezequiel Lavezzi.

    (Com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade