Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tevez alfineta Ferguson na comemoração do título do City

O atacante Carlos Tevez protagonizou mais uma polêmica, nesta segunda-feira, em meio às comemorações do título de Campeão Inglês do Manchester City, ao exibir um cartaz placar com a menção “RIP Fergie” (descanse em paz Fergie), referindo-se ao seu ex-técnico, o escocês Alex Ferguson, do rival United.

Esta foi uma resposta a uma provocação de Ferguson, que chegou a declarar em 2009 que os ‘Citizens’ não conquistariam a Premier League “enquanto eu estiver vivo”.

O City, que não vencia o título há 44 anos, sagrou-se campeão no último domingo, superando os ‘Red Devils’ apenas pelo critério do saldo de gols, ao vencer por 3 a 2 o Queens Park Rangers numa virada eletrizante, enquanto estavam perdendo por 2 a 1 aos 46 do segundo tempo.

Tevez, de 28 anos, que foi campeão brasileiro com o Corinthians em 2005, jogou no Manchester United de 2007 a 2009, mas acabou deixando o clube brigado com Ferguson, que não mostrou interesse em comprar seu passe enquanto o jogador estava sendo emprestado pela pela MSI, do empresário Kia Joorabchian.

O argentino acabou sendo contratado pelo arquirrival City, com o qual brilhou durante duas temporadas, mas acabou se envolvendo em outra polêmica, em setembro de 2011, quando foi afastado pelo técnico Roberto Mancini por ter se recusado a entrar em campo durante uma partida de Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique.

Após ter passado cerca seis meses fora dos gramados, ele fez as pazes com o treinador e voltou a atuar na equipe no dia 21 de março, quando deu o passe para o gol de Nasri, que deu a vitória de virada por 2 a 1 ao City sobre o Chelsea.

Tevez foi importante na reta final do Campeonato Inglês, ao balançar as redes quatro vezes nas dez partidas que disputou.