Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tenista dos EUA é suspenso por 15 anos por doping

Wayne Odesnik, de 29 anos, foi pego pela segunda vez em exame antidoping

Por Da Redação - 18 mar 2015, 17h32

A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou nesta quarta-feira a suspensão do americano Wayne Odesnik, de 29 anos, por 15 anos. A entidade revelou que o atleta, número 267 do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais, foi flagrado pela segunda vez no exame antidoping e, por isso, decidiu bani-lo do tênis. Em 2010, Odenisk foi suspenso por dois anos, pena reduzida para somente um, graças à sua “assistência substancial” ao programa antidoping da ITF na época.

Anderson reaparece: ‘Acho que no ano que vem volto a lutar’

Natação: João Gomes Jr. é suspenso por seis meses por doping

Volta da França: Lance Armstrong é convidado para evento e revolta dirigentes

Continua após a publicidade

Odesnik foi submetido a exames de urina fora de competição pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (Usada) em dezembro do ano passado. Depois, passou por dois novos testes da ITF, em dezembro e em janeiro. As amostras testaram positivo para três substâncias proibidas, segundo a Agência Mundial Antidoping (Wada).

No julgamentoleta, a ITF determinou que ele fosse suspenso até o dia 29 de janeiro de 2030. A entidade ainda cancelou seus resultados em três competições e obrigou a devolver os prêmios que recebeu neste período. Como terá 44 anos ao fim da punição, na prática a suspensão determina o encerramento da carreira de Odesnik.

Nascido em Johannesburgo (África do Sul) e naturalizado americano, Odesnik nunca conquistou um título da ATP em seus 11 anos como profissional. Em 2009, conseguiu um vice-campeonato em Houstonm 2009, foi seu melhor resultado. Aquele, aliás, foi o principal ano do tenista, que na época chegou a ocupar a 77.ª colocação no ranking, a melhor de sua carreira.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade