Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tênis: Nadal e Federer vão às quartas de Roland Garros com autoridade

Os rivais podem se enfrentar na semifinal do Aberto de tênis da França; na chave feminina, Serena e Naomi Osaka caíram precocemente

Contra adversários argentinos e exatamente pelo mesmo placar (3 sets a zero, parciais de 6/2, 6/3 e 6/3). Foi desta forma que o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer se classificaram neste domingo com facilidade às quartas de final do Aberto da França de tênis, nas respectivas vitórias sobre Juan Ignacio Londero e Leonardo Mayer. Sem grande desgaste físico, os dois rivais estão agora a uma vitória de um virtual duelo direto entre os dois, o que aconteceria nas semifinais de Roland Garros.

Nadal, atual número 2 do mundo e em busca de seu 12º título no saibro de Paris, se classificou para as quartas de final do Grand Slam francês pela 13ª vez na carreira. O espanhol deixou para trás as dúvidas que surgiram após perder um set para o belga David Goffin na rodada anterior. Nas quartas, o atleta de 32 anos enfrentará o vencedor do confronto entre o japonês Kei Nishikori (7º do mundo) e o francês Benoît Paire (38º colocado do ranking da ATP).

Pouco antes, na mesma quadra central em que Nadal venceu sua partida, Federer mostrou sua força aplicando o mesmo placar sobre um adversário argentino, Leo Mayer, 68º do mundo e que jogava pela primeira vez nas oitavas de final em Paris. Federer, campeão de 20 torneios de Grand Slam, mas apenas uma vez em Roland Garros (2009), enfrentará nas quartas de final o compatriota Stan Wawrinka (28º), que superou o grego Stefanos Tsitsipas (6º) em uma verdadeira batalha de cinco sets (7/6, 5/7, 6/4, 3/6 e 8/6) e mais de cinco horas.

No ano de sua volta ao saibro de Paris, após quatro anos de ausência, Federer encadeou quatro vitórias seguidas sem perder um set sequer, mostrando que pretende brigar pelo título. “Estou super feliz, eu tinha me preparado para o pior dos cenários, perder na primeira rodada em três sets, então estou bem satisfeito. É fabuloso passar tanto tempo em Paris e aproveitar com meu tênis”, comemorou o veterano suíço de 37 anos.

Konta espera por Muguruza ou Stephens – Na chave feminina, um dia após as eliminações precoces da americana Serena Williams e da número 1 do mundo, a japonesa Naomi Osaka, a britânica Johanna Konta (26ª) derrotou a croata Donna Vekic (24º) em dois sets, 6-2, 6-4. Após se tornar a primeira tenista do Reino Unido a disputar as oitavas de final em Roland Garros desde 1983, Konta, semifinalista do Aberto da Austrália em 2016 e de Wimbledon em 2017, enfrentará a vencedora do duelo mais esperado do dia entre a espanhol Garbiñe Muguruza (19ª) e a americana Sloane Stephens (7ª).

Já a croata Petra Martic (31ª) e a jovem tcheca Marketa Vondrousova (38ª), de 19 anos e uma das grandes promessas do tênis, se classificaram neste domingo às quartas de final. Nenhuma das duas havia ido tão longe em um Grand Slam antes. Martic, que teve a carreira freada por lesão nas costas, derrotou nas oitavas a estoniana Kaia Kanepi (88ª), enquanto Voudrousova superou a letã Anastasija Sevastova (12ª).

(com AFP)