Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tênis com defeito causa lesão em fenômeno universitário do basquete

Zion Williamson sofreu um entorse no joelho após seu calçado "estourar". Incidente gerou críticas à Nike e à liga universitária americana

Zion Williamson é o centro das atrações no basquete universitário americano. O ala de 18 anos da Universidade de Duke é cotado para ser a nova estrela da NBA nos próximos anos, mas sofreu um entorse no joelho na última quarta-feira, 20, no primeiro minuto do clássico contra a Carolina do Norte, que venceu por 88 a 72. A lesão aconteceu depois de seu tênis estourar quando ele tentou firmar o pé na quadra.

A forma inusitada da lesão gerou críticas à Nike, fornecedora americana de materiais esportivos que patrocina Zion. “Não aconteceria com os tênis Puma”, provocou a concorrente alemã, que rapidamente apagou a publicação de suas redes sociais.

A Nike também não demorou a se pronunciar sobre o defeito do tênis. “A qualidade e performance de nossos produtos são de grande importância. Mesmo sendo um caso isolado (de falha), estamos trabalhando para identificar o problema. Nós, obviamente, estamos preocupados e desejamos uma recuperação rápida a Zion”, publicou, em nota, a fornecedora.

Jogadores da NBA, por causa da lesão de Zion, criticaram a NCAA (Campeonato Nacional Universitário) por não pagar os atletas, que recebem bolsas das faculdades. O ala-armador Donovan Mitchell, do Utah Jazz, lembrou os valores dos ingressos da partida entre Duke e Carolina do Norte, que custavam até 10.000 dólares (cerca de 37.000 de reais), mas não chegam ao bolso dos jogadores, que ficam sem garantias quando sofrem lesões.

O preço dos ingressos são parte do efeito de Zion Williamson na liga universitária. Atletas famosos como LeBron James já frequentaram seus jogos, bem como o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, que estava presente na partida e desejou melhoras ao jogador. “Zion Williamson parece ser um jovem incrível, assim como um ótimo jogador de basquete. Desejo a ele uma boa recuperação”. A gravidade da lesão do ala ainda não foi detalhada pelos médicos e ele ainda não tem previsão de retorno.

Com 2,01 metros e 129 quilos, Zion Williamson assusta com seu atleticismo. Se estivesse hoje na NBA, ele seria o segundo jogador mais pesado, atrás apenas do sérvio Boban Marjanovic, que tem 132 quilos, mas com 2,22 metros de altura. O ala de Duke também impressiona com sua média de 21,6 pontos, 8,8 rebotes, 1,8 tocos e 2,2 roubos de bola na NCAA. Ele também é o favorito para a primeira escolha do Draft 2019 da NBA.