Clique e assine a partir de 8,90/mês

Tênis brasileiro soma 2 vitórias e 1 eliminação no Pan

Por Da Redação - 18 out 2011, 20h32

Por AE

Guadalajara – Mesmo sem contar com o seu principal tenista na atualidade, Thomaz Bellucci, que preferiu se concentrar nos torneios do circuito mundial, o Brasil teve uma boa estreia na disputa do tênis masculino no Pan de Guadalajara. Nesta terça-feira, os três representantes brasileiros na chave de simples entraram em quadra, sendo que dois deles, Ricardo Mello e Rogério Dutra Silva, avançaram na competição, enquanto o outro, João “Feijão” Souza, decepcionou e foi eliminado.

Número 107 do mundo, Feijão era o segundo cabeça de chave no Pan, mas acabou sendo eliminado logo na estreia. Diante do equatoriano Julio Cesar Campozano, que ocupa apenas o 399º lugar no ranking, ele perdeu nesta terça-feira por 2 sets a 0, com um duplo 7/5.

Enquanto Feijão decepcionou, os outros dois tenistas brasileiros confirmaram o favoritismo na estreia desta terça-feira. Ricardo Mello, por exemplo, ganhou do também equatoriano Ivan Endara, atual número 452 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/0.

“Para uma primeira rodada, acho que foi um bom jogo para sentir as condições da quadra. Espero ir melhorando nos próximos jogos”, disse Ricardo Mello, que ocupa atualmente o 112º lugar no ranking mundial e é o cabeça de chave número 3 no torneio do Pan.

O próximo adversário de Ricardo Mello será o experiente chileno Nicolas Massu, que já foi o número 9 do mundo – está em 482º lugar. Também nesta terça-feira, o tenista do Chile se classificou com vitória sobre o norte-americano Nicolas McEnroe com duplo 6/4.

Ainda nesta terça-feira, o brasileiro Rogério Dutra Silva também ganhou na estreia no Pan. Número 116 do mundo e quarto cabeça de chave em Guadalajara, ele derrotou o porto-riquenho Alexander Llompart por 2 sets a 0, com fáceis parciais de 6/1 e 6/2.

“Foi um bom jogo, tentei ser objetivo porque na altitude (Guadalajara fica a 1.500 metros acima do nível do mar) é sempre melhor não complicar muito. Não senti muito o efeito na parte física, mas é sempre uma preocupação”, afirmou Rogério Dutra Silva.

Após vencer o tenista de Porto Rico, que é apenas o número 1.335 do mundo e entrou no Pan como convidado da organização, Rogério Dutra Silva vai enfrentar agora o norte-americano Greg Ouellette, atualmente na 303ª colocação no ranking.

Continua após a publicidade
Publicidade