Clique e assine a partir de 8,90/mês

Temporada da NBA começa nesta terça com seis brasileiros

Por Da Redação - 29 out 2012, 21h14

A temporada 2012/2013 da NBA começa nesta terça-feira com seis brasileiros no campeonato. A primeira partida programada da competição colocará frente a frente dois dos mais bem-sucedidos jogadores brasileiros na NBA: os pivôs Nenê Hilário (do Washington Wizards) e Anderson Varejão (do Cleveland Cavaliers).

Além deles, estarão disputando a liga americana o ala-pivô Tiago Splitter, do San Antonio Spurs, e o armador Leandrinho, recém-contratado pelo Boston Celtics. E o Brasil ainda terá dois estreantes na competição, o armador Scott Machado, do Houston Rockets, e o pivô Fab Mello, que também vestirá a camisa verde dos Celtics.

Leia também:

Leia também: Scott Machado, o ‘brazilian-american’ que vai jogar na NBA

Campeão na temporada passada, o Miami Heat começa a temporada ainda mais favorito. A equipe conta com o trio sensação da NBA formado por LeBron James, considerado o maior jogador da atualidade, Dwyane Wade e Chris Bosh.

Além da manutenção da base, vieram importantes aquisições para buscar outro título: o ala-armador Ray Allen e o ala Rashard Lewis, que juntos somam 30 anos de experiência na NBA (16 do primeiro e 14 do segundo).

Continua após a publicidade

Quem pinta como grande rival para o Heat é o Los Angeles Lakers, que contratou o armador Steve Nash e o pivô Dwight Howard, para fazer companhia ao ala-armador Kobe Bryant e o ala-pivô Pau Gasol. Antes de pensar em título, o primeiro objetivo do técnico Mike Brown é reconquistar a Conferência Oeste, vencida na temporada passada pelo Oklahoma City Thunder.

Sensação da última temporada, que so parou na final contra o Heat, o City Thunder perdeu o vencedor do prêmio de melhor ‘sexto homem’ da temporada passada, o ala-armador James Harden. Ainda assim, a equipe não deixa de ser considerada uma das postulantes ao título. A principal contratação foi Kevin Martin, justamente para a posição de Harden.

O San Antonio Spurs, mantém por mais um ano os ‘Três Amigos’, Tim Duncan, o francês Tony Parker e o argentino Manu Ginóbili, que mesmo com a equipe em formação fizeram a melhor campanha da Conferência Oeste, durante a temporada regular. A expectativa é que o time, mais experiente consiga ir ainda mais longe.

Correm por fora equipes como Chicago Bulls, Indiana Pacers, Memphis Grizzlies, Los Angeles Clippers e Denver Nuggets. Além disso, o Houston Rockets, que na última temporada não chegou a se classificar para os playoffs, pode surpreender, com James Harden e Jeremy Lin, que surgiu como um furacão na temporada passada, ao comandar o New York Knicks em uma inesperada sequência de vitórias.

As duas grandes novidades serão as punições para os jogadores que simularem ou exagerarem nas quedas. Além disso, pela primeira vez a história do All-Star Game, não terá a posição pivô na cédula de votação, irritando alguns atletas da função.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade