Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Temos de vencer de qualquer jeito’, alerta Maikon Leite

Por Ciro Campos

São Paulo – O discurso no Palmeiras é de vitória a qualquer custo contra o Atlético-MG neste sábado, no Campeonato Brasileiro. A partida no Pacaembu pode servir para mudar uma maré muito negativa do time paulista, que nas três primeiras rodadas conseguiu apenas um ponto – segundo pior início palmeirense na história da competição, atrás somente de 2006. “Temos que conseguir a vitória de qualquer jeito. Respeitamos muito o Atlético, mas precisamos conquistar nossa primeira vitória”, afirmou o atacante Maikon Leite.

A vontade palmeirense em vencer está na necessidade de tirar o time da 17.ª colocação e também em apagar as atuações das últimas partidas. Entre os jogadores o discurso é o de que os maus resultados vieram mais por pequenos deslizes do que por falhas graves. “A gente está sendo agressivo em todos os jogos e erramos em detalhes. Vamos manter a postura. Jogando em casa temos que vencer e vamos para cima”, completou Maikon.

Para a partida diante do Atlético-MG, o time não vai contar com Valdivia, que viajou para o Chile. O provável substituto deve ser Felipe. A equipe treinou na manhã desta sexta-feira apenas no ginásio do clube para se proteger do mau tempo e com isso permaneceu o mistério se o técnico Luiz Felipe Scolari vai manter a formação com três atacantes contra o Atlético-MG. A maior expectativa para o jogo recai sobre os adversários, mais precisamente sobre a estreia de Ronaldinho Gaúcho.

“É um grande jogador e isso motiva ainda mais a ter cuidado pelo respeito que tem e as conquistas que teve no futebol. Temos de diminuir o espaço ao máximo para que ele não crie jogadas de perigo”, comentou o volante Márcio Araújo, um dos palmeirenses que provavelmente terá de marcar o meia.