Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico do São Paulo lamenta dispensa de Getterson: ‘Não encontro explicação lógica’

O atacante de 25 anos teve seu contrato cancelado por causa de tuítes antigos nos quais provocava o São Paulo e dizia que seu sonho de carreira era jogar no Corinthians

O técnico do São Paulo, Edgardo Bauza, lamentou a noite desta quinta-feira, após o empate por 0 a 0 contra o Sport, no Morumbi, o cancelamento da contratação do atacante Getterson. O jogador de 25 anos foi barrado pela diretoria por ter tuitado, anos atrás, que seu sonho era jogar no Corinthians e usado o termo pejorativo bambi para se referir ao São Paulo.

O treinador argentino afirmou não compreender os motivos que fizeram a diretoria desmanchar o negócio. “Não encontro explicação lógica”, afirmou, lembrando que Getterson era “muito jovem” à época da postagem. “São as famosas redes sociais. Não pudemos fazer nada”, comentou. O técnico havia analisado o reforço e aprovado sua contratação. Getterson, do modesto time paranaense J. Malucelli, chegaria por empréstimo até o fim da temporada.

LEIA TAMBÉM:

Getterson lamenta postagem que o tirou do São Paulo: ‘Eu era um menino’

Gol contra na web: atletas não aprendem a lidar com as redes sociais

O caso – Na última quarta-feira, o São Paulo anunciou o acerto com Getterson, mas horas depois o clube cancelou a negociação. Torcedores vasculharam as redes sociais e divulgaram uma postagem de 2011 em que Getterson, então com 20 anos, revelou que seu “time de coração” era o Corinthians. Em outro post de 2012, o jogador se meteu em uma saia-justa ainda maior ao provocar o São Paulo: “Agora joguinho dos bambis kkk boa sorte pra eles, abraço galera”.

Atacante Getterson chegou a ser apresentado oficialmente pelo São Paulo no CT da Barra Funda Atacante Getterson chegou a ser apresentado oficialmente pelo São Paulo no CT da Barra Funda

Atacante Getterson chegou a ser apresentado oficialmente pelo São Paulo no CT da Barra Funda (/)

(Com Estadão Conteúdo)