Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Técnico do México agride jornalista em aeroporto nos EUA

Miguel Herrera, 47 anos, é acusado de dar soco em Christian Martinoli da TV Azteca

Por Da Redação 27 jul 2015, 17h19

O técnico da seleção mexicana, Miguel Herrera, foi acusado nesta segunda-feira de agredir com um soco o jornalista esportivo Christian Martinoli, da TV Azteca, no aeroporto da Filadélfia, nos Estados Unidos. “Abaixei a cabeça para olhar o celular e senti um soco no pescoço”, disse Martinoli. Segundo o jornalista de 39 anos, Herrera ainda o encarava após o incidente, ameaçando agredi-lo nas próximas vezes quando se encontrassem. A filha do técnico, Mishelle Herrera, também teria atacado o ex-jogador e comentarista Luis García, companheiro de trabalho de Martinoli na TV Azteca. No domingo o México venceu a Jamaica e conquistou o título da Copa Ouro nos EUA.

Herrera vê ‘pênalti inventado’ tirar México da Copa

Martinoli teve desavenças com Herrera em junho, quando discutiram sobre o mau desempenho do México na Copa América, eliminado pelo Equador. Na ocasião, o técnico afirmou que Martinoli era o único jornalista que o criticava e disse que chegaria o momento de acertarem as contas.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade