Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico diz que Tévez só deixará City vendido e descarta empréstimo

Londres, 20 dez (EFE).- O técnico do Manchester City, Roberto Mancini, advertiu o Milan que o clube inglês quer vender o atacante Carlos Tévez, mas que não aceitará uma proposta de empréstimo pelo jogador argentino.

Nesta terça-feira, dois dias antes de representantes do clube de Milão viajarem a Manchester para negociar a transferência de Tévez, Mancini alertou: ‘se quiserem comprar Carlos, tudo bem, mas não poderão levá-lo por empréstimo’.

A primeira proposta que o Milan enviou ao City foi que o clube inglês emprestasse o argentino sem custo algum até o final da temporada, com o compromisso que os italianos pagariam uma transferência na janela seguinte, em agosto.

Enquanto isso, o atacante de 27 anos continua na Argentina, para onde viajou sem a permissão do clube há mais de um mês após ser o protagonista de uma longa polêmica por se negar a entrar em campo em um jogo contra o Bayern de Munique, em setembro, pela Liga dos Campeões.

‘A melhor solução para nós é vendê-lo, e espero que Carlos encontre a melhor solução para ele, para que possa voltar a jogar futebol’, declarou Mancini, que há meses vem dizendo que o atacante não voltará a vestir a camisa do City sob seu comando.

O Milan é o clube com mais chances de contar com Tévez a partir de janeiro, embora o Paris Sanit-Germain também tenha mostrado interesse em contratar o ex-jogador do Corinthians.

O proprietário do clube ‘rossonero’, Silvio Berlusconi, declarou nesta semana que fazer parte da equipe comandada pelo técnico Massimiliano Allegri é a melhor opção para o argentino se ele quiser prestígio, mas ressaltou que não está disposto a desembolsar a mesma quantia que alguns concorrentes. EFE