Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico acena com reserva para Dagoberto em seu provável adeus

São Paulo e Internacional já negociam a liberação de Dagoberto antes do fim de seu contrato, em abril, e se apresentar ao Beira-Rio em janeiro. E o fim da passagem do atacante após quase cinco anos no clube do Morumbi deve ser no banco. Emerson Leão só garante que o atacante será relacionado para enfrentar o Santos, no domingo, em Mogi Mirim.

‘Ninguém está descartado do jogo’, avisou o técnico, reiterando que pode colocar o camisa 25 na reserva novamente, como na derrota para o Atlético-PR. ‘Escalação é outro problema. Ele, como outros, já deixou de jogar e não tem time definido. Vou usar a equipe que achar melhor’, informou.

O treinador não quer dar sua opinião, mas é fato que o jogador, artilheiro e líder de assistências do Tricolor, teve uma brusca queda de rendimento desde o momento em que Leão anunciou seu pré-contrato com o Colorado, logo na primeira semana do comandante no São Paulo, há pouco mais de um mês.

O ex-goleiro tem mantido Dagoberto como titular, mas seu fraco desempenho recente fez até a diretoria, enfim, aceitar liberá-lo antes de abril. Dirigentes do Inter se encontraram com representantes do Tricolor nesta semana e o acordo deve ser selado nos próximos dias, com acerto financeiro ou troca de jogadores.

Mas Leão obrigará Dagoberto a se concentrar e estar à disposição para fazer, contra o Santos, a sua provável última partida vestindo vermelho, branco e preto. Ninguém terá férias antes do término do Campeonato Brasileiro.

‘Disse aos atletas que esta semana é tão importante como todas as outras que passaram e deixamos passar. As férias não estão tão próximas quanto podemos pensar. Não dou nem quero férias antes da hora. Temos um clássico e um dever a cumprir com a melhor linhagem possível’, disse Leão.